Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos,
porque a história de nossos políticos
pode causar deficiência moral irreversível.

É a vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida pública.


sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Cheiro de mofo

***
A UNE, com cheiro de mofo, foi ontem à porta do Clube Militar no Rio gritar contra os torturadores militares de transontontem. Entretanto, as mesmas pessoas que lá estavam, com discurso de defensoras dos brasileiros torturados no passado, não vão às ruas exigir o que nos é negado HOJE, como dignidade e respeito. Aparentemente não se revoltam contra os falsos democratas que se lambem às nossas custas e debocham de nossa cara.
***
São os mesmos fantoches que comparecem sorrindo às passeatas gay, ao ôba-ôba colorido e cheio de plumas, mas não participam das mobilizações feitas contra a impunidade, a roubalheira escandalosa da politicalha nacional e ignoram o significado de o STF ter liberado a candidatura de estelionátios e bandidos. Contra isto eles não gritam.
***
Ao reacender a revolta contra militares, Tarso Genro está apenas dando continuidade ao trabalho do atual governo: dividir o povo brasileiro em pedaços. Vem, de forma insistente e dissimulada (para alguns), colocando negro contra branco; trabalhador contra patrão; os pobres contra a SUPOSTA elite, porque elite mesmo são esses políticos cheios de vantagens escrachadas e dinheiro no bolso (o nosso dinheiro). Agora, para completar, civis contra militares, ao reavivar rusgas antigas. E, enquanto se finge de revoltado com a atitude de Tarso Genro, Luís Inácio agradece por baixo dos panos.

***

Quero ver se esses mesmos representantes da UNE, que estavam lá ontem pedindo punição aos militares por erros do passado, participarão da mobilização que haverá no dia 13 de setembro para cobrar o que nos devem no presente.

***

É evidente a intenção de desunir os brasileiros, de torná-los cada vez mais fracos para serem facilmente manipuláveis e, assim, se fortalecer às custas de um povo lutando uns contra outros.

***

ESTE É O GOVERNO DA DESUNIÃO OPORTUNISTA.

POVO DESUNIDO É FACILMENTE VENCIDO.

Enviado ao e.mail presidencia@une.org.br

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

O prazer de conhecer quem exige respeito

***

Hoje, justamente no dia em que o STF deu carta branca aos candidatos com ficha suja, tive o prazer de conhecer pessoalmente a Ana e a Edna da ANDEC - Assocação Nacional em Defesa da Democracia (http://andec.blogspot.com/) que vêm fazendo um trabalho excelente em que todos deveriam se unir .

À esquerda a Edna e à direita a Ana, no momento do cafezinho, quando esquecemos o assunto que tanto nos aflige.

***

No próximo dia 13 de setembro haverá, em diversos lugares do país, um encontro nas ruas para exigir respeito. Espero que todos se animem e compareçam, nem que seja para conhecer o trabalho que está sendo feito. Mesmo os que já têm uma vida estabilizada, como é meu caso e o delas, deveriam pensar na vida mais à frente e lembrar que seus filhos e netos ainda têm muito que enfrentar.

*** Depois colocarei aqui mais detalhes sobre o que podemos fazer juntos.

***

ÂNIMO, MINHA GENTE!

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Decifrando a conjugação dos iletrados

***
Para aqueles que não têm instrução, conjugação é termo totalmente desconhecido. O pronome vós, por exemplo, já se tornou coisa do passado principalmente para o presidenMente Luís Inácio, orgulhoso oor sua falta de estudo, e que ao ouvir o som de tal palavra pensa se tratar da sua voz ao microfone.
***
Mas vamos decifrar a atual conjugação do verbo poder para nossos 'representantes':
***

***

EU POSSO - Significado: Eu posso invadir propriedade alheia à força, sem mandato judicial. Eu posso pisar na Constituição, PORQUE EU SOU O PRESIDENTE.

***

TU PODE(S) - Significado: Tu pode(s) desviar o dinheiro público, pois terá(s) meu apoio... enquanto me interessar.

***

***

NÓS PODEMOS - Significado: Nós podemos ser vereadores, senadores, deputados mesmo com ficha suja. Nós podemos ser presos e logo depois soltos. Nós podemos roubar, enganar, mutretar, corromper sem que nada nos aconteça, pois a Justiça é aliada e submissa ao presiMente que, de tão amigo dos incautos, já até beijou a mão de Jáder Barbalho.

***

***

ELES NÃO PODEM - Significado: O cidadão, que regiamente nos sustenta, não pode se inscrever em concurso público se estiver envolvido em algum processo (mesmo que ainda não tenha sido julgado). Também não pode se inscrever em concurso público se não tiver instrução (o que para nós é dispensável). Não pode deixar de votar, pois nossa democracia é um disfarce. NÃO PODE TER ACESSO À VIDA PREGRESSA DOS CANDIDATOS ELEITORAIS. NÃO PODE TER A SATISFAÇÃO DE VER BANDIDOS, CRIMINOSOS E LADRÕES BARRADOS EM SUA CANDIDATURA A CARGOS POLÍTICOS.

***

Ontem, como já era esperado, o STF liberou a candidatura de quem responde a qualquer tipo de processo judicial em toda a parte do país. Dos onze ministros apenas dois tiveram a decência de votar contra a medida que impediria os menos conscientes de eleger os malfeitores da república. Fico imaginando como devem estar se sentindo aliviados muitos dos atuais parlamentares com a possibilidade de manter a sacanagem nacional.

***

O argumento do STF é o perigo de, futuramente, alguns políticos usarem este recurso como pretexto contra seus rivais, o que é bem provável por ser um comportamento bem de acordo com o mau caráter vigente. Os ministros que liberaram a candidatura dos meliantes se mostram preocupados com uma minoria da população, que são os políticos. O cidadão e o país que se danem. Segundo eles, não pode haver precedentes.

***

No entanto... quando o governo invade À FORÇA a propriedade alheia, SEM MANDATO JUDICIAL, está criando um precedente assustador que pode vir a infernizar a vida de qualquer um de nós, sob qualquer pretexto.

***

ELES, SIM, PODEM CRIAR PRECEDENTES. O POVÃO OTÁRIO QUE VAI ÀS URNAS DAR SEU VOTO, SEM DIREITO DE SABER AO MENOS EM QUEM ESTÁ VOTANDO, NÃO TEM DIREITO NEM AO RESPEITO.

***

QUEM VOTOU A FAVOR DOS FICHAS-SUJA: Celso de Melo, Menezes Direito (imaginem se fosse Errado), Cármen Lúcia (sobrenome ?), Ricardo Lewandowski, Eros Grau, Cezar Peluso, Ellen Gracie, Marco Aurélio Mello, Gilmar Mendes.

***

QUEM VOTOU CONTRA: Ayres Britto e Joaquim Barbosa.

***

ATUALMENTE, LER JORNAL DÁ VONTADE

DE SAIR GRITANDO PELAS RUAS.

terça-feira, 5 de agosto de 2008

Invasão a mando do Governo Federal

***
Para saber como é o autoritarismo do atual governo, vejam o vídeo abaixo.
***
***
"Se eu pudesse pegar o presidente,
comia um pedaço dele assado."
Frase de uma brasileira diante da invasão da Polícia Federal Á FORÇA, como admitiu um dos enviados pela Presidência da República.
***

Ainda que os donos das propriedades estejam errados, o Estado não tem o direito de agir à força, sem ordem judicial, pois isso dá margem a futuros desmandos intoleráveis, que não poderão ser evitados, por terem se tornados naturais.