Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos,
porque a história de nossos políticos
pode causar deficiência moral irreversível.

É a vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida pública.


sábado, 22 de junho de 2013

Que façam a coisa certa, sem agressão...

 
... aos eleitores
 

VANDALISMO e PAZ

 
 
 
Quem tem intenção  de provocar tumulto
e implicar com policiais
não deve esperar ganhar um buquê de rosas.
 
 
QUE OS VÂNDALOS NÃO RECLAMEM DA POLÍCIA, 
QUE ESTÁ APENAS SENDO FORÇADA A CUMPRIR O SEU DEVER.
CASO A CONSIDEREM DESPREPARADA,
O QUE OCORRE EM TODO O TERRITÓRIO NACIONAL,
RECLAMEM DE QUEM NÃO OS PREPAROU DURANTE TODOS ESSES ANOS.
 
 
PARABÉNS AOS NOSSOS POLICIAIS,
 PRINCIPALMENTE ÀQUELES QUE SABEM QUE
A CORRUPÇÃO NÃO É O MELHOR CAMINHO.
E QUE TAMBÉM SÃO BRASILEIROS.

 
DEIXEM A CORRUPÇÃO, O VANDALISMO E A ROUBALHEIRA
AOS "NOSSOS" REPRESENTANTES.
 
 

sexta-feira, 21 de junho de 2013

NOVO ENDEREÇO - http://juremacappelletti.com.br/

 
 
Enfim, A CASA DA MÃE JOANA , tem novo endereço - http://juremacappelletti.com.br/. Embora ainda esteja sendo atualizado com formato e artigos que estão "apenasmente" no blog antigo, já começamos A AGIR.  


Para começar, lá já se encontra ...
"O PASSE é tão LIVRE que liberou o vandalismo" 
 
Bom dia para todos 
(se for possível, nesse brasil que o PT partiu), 
Ju
 

quinta-feira, 20 de junho de 2013

ATENÇÃO: Planalto prepara agenda para reagir a protestos

 

 

Planalto prepara agenda para reagir a protestos

Petistas avaliam que sigla deve tentar se aproximar de jovens

e usar redes sociais



É PRECISO TER CUIDADO,
POIS O PECADO MORA AO LADO
 
E NEM SABEMOS DIREITO QUEM É NOSSO VIZINHO

ÊTA, NÓS! e o ETANOL

 
 
Houve uma época, como se fosse o homem milagroso que sempre pensou que era, o ex-presidente antecessor  de Dilma,  igualmente PETISTA, não se cansava de falar no ETANOL.  Chegou até a dizer, com sua língua de trapo, que "a realidade obrigaria os Estados Unidos a importar etanol brasileiro.
 
 
Com seu suposto enorme poder, chegou a ironizar o uso de milho para a produção do álcool americano.  No entanto, ficou provado que não passava de mais uma de suas imaginações  ("Milho a gente dá para galinha para comer e para a galinha poedeira botar uns ovinhos, mas não pode dar muito milho para bode, porque ele estufa e morre." - disse o doente mental que deu o primeiro impulso para enfiar nosso país no buraco em que se encontra).
 
 
Seria até maldade acrescentar mais uma mentira ao seu rol já tão extenso, pois dizem os entendidos no assunto que os megalômanos alucinados acreditam como sendo verdadeiras suas próprias mentiras.  Talvez seja o caso do nosso ex-presidente.  Ele não seria, então, um mentiroso, mas um doente mental.  

 
O alucinado ex-presidente chegou ao ponto de ironizar o uso do milho para a produção americana de álcool, considerado bem menos eficiente que a cana-de-açúcar utilizada no Brasil.
 
Dizia ele que com o etanol brasileiro haveria aumento de empregos para o setor.  O que não ocorreu desde sua ‘gestão’ até agora.  Foi até ao contrário, embora não por causa do imaginável ETANOL. Muitos brasileiros se acostumaram com a criação inusitada de bolsas e se tornaram uns tremendos vagabundos, acostumados a verem o trabalho como um sofrimento e não como o meio de subsistência que sempre honrara os indivíduos antes.
 
 
O Partido dos Trabalhadores, apesar de seu nome,  sempre  incentivou as pessoas a detestarem o trabalho e darem maior valor à inércia.

 

Grupos, grupinhos e grupelhos




1 - Manifestantes agiram para conter GRUPO que atacou prefeitura e provocou destruição, incêndios e saques na cidade;
 
2 -  Atos mostram que GRUPOS querem reconhecimento.
 
3 - Em Fortaleza a manifestação reuniu mais de 25 mil pessoas, mas apenas um pequeno GRUPO fez arruaça  
 
4 - Em São Luiz, um GRUPO tentou invadir a sede do governo e derrubou grades de proteção;
 
5 - No Amapá a violência também partiu de  um GRUPO;
 
6 - Em São Paulo, um GRUPO bloqueou o Largo Treze, em Santo Amaro;



(As informações acima estão no jornal O Globo).
 

Brasileiros, mostrem sua cara

 
 
           
BRASIL, MOSTRA TUA CARA
CAZUZA
 
Não me convidaram
Pra esta festa pobre
Que os homens armaram
Pra me convencer
A pagar sem ver
Toda essa droga
Que já vem malhada
Antes de eu nascer...

Não me ofereceram
Nem um cigarro
Fiquei na porta
Estacionando os carros
Não me elegeram
Chefe de nada
O meu cartão de crédito
É uma navalha...

Brasil!
Mostra tua cara
Quero ver quem paga
Pra gente ficar assim
Brasil!
Qual é o teu negócio?
O nome do teu sócio?
Confia em mim...

Não me convidaram
Pra essa festa pobre
Que os homens armaram
Pra me convencer
A pagar sem ver
Toda essa droga
Que já vem malhada
Antes de eu nascer...

Não me sortearam
A garota do Fantástico
Não me subornaram
Será que é o meu fim?
Ver TV a cores
Na taba de um índio
Programada
Prá só dizer "sim, sim"

Brasil!
Mostra a tua cara
Quero ver quem paga
Pra gente ficar assim
Brasil!
Qual é o teu negócio?
O nome do teu sócio?
Confia em mim...

Grande pátria
Desimportante
Em nenhum instante
Eu vou te trair
Não, não vou te trair...

Brasil!
Mostra a tua cara
Quero ver quem paga
Pra gente ficar assim
Brasil!
Qual é o teu negócio?
O nome do teu sócio?
Confia em mim...(2x)

Confia em mim
Brasil!!

DESABAFO DE UM POLICIAL


 
 
Em todos os meios há pessoas mais ou menos sérias,
mas isso não quer dizer que todos são iguais.
 
 
A diferença está apenas entre os políticos,
pois, segundo palavras do verborrágico presidente petista que já tivemos, 
eles não são uma gente... comum. 
PELO MENOS ISSO ELE SABIA!
 
 
 
 

Algumas explicações - MERVAL PEREIRA

 
 Algumas explicações - MERVAL PEREIRA
Retirado do Blog do Murilo – PERCA TEMPO
Artigo completo em
  
Prosseguindo na tentativa de entender os últimos acontecimentos, trago hoje para os leitores a opinião de dois cientistas políticos. Octavio Amorim Neto, da Fundação Getulio Vargas do Rio, lembra que há uma regra da política que finalmente se cumpre no Brasil: quando a oposição é impotente no parlamento, acaba indo para as ruas.
 
... sendo originalmente de esquerda, controla quase todos os grandes sindicatos e movimentos sociais.
 
Sob fortes governos de centro ou de direita, a oposição de esquerda tem todo o incentivo para se manifestar intensamente nas ruas, como o PT fez durante os dois mandatos de Fernando Henrique Cardoso. Já a atual oposição no Brasil, constituída por PSDB (centro) e DEM (centro-direita), não tem capacidade organizacional nem capilaridade social para mobilizar as pessoas para tomarem as ruas.
 
...  não têm liderança visível e têm propostas muito difusas. Essas seriam, segundo o cientista político, as "condições necessárias" para movimentos desse tipo.  (VER ARTIGO DE RODRIGO CONSTANTINO PARA COLOCAR AQUI O SEU ENDEREÇO)
 
... "condições suficientes" ...,  ...  a carestia ...,   péssimos serviços públicos, ... a  corrupção que grassa a política do país.
... 
... o que se viu foi seu agigantamento corporativo e seu fatiamento fisiológico partidário em feudos medievais para apoio parlamentar, sem falar na corrupção".
 
...  péssima qualidade dos serviços públicos essenciais, ... .
 
... as vezes em que o estado se distancia da sociedade , historicamente, esta vai para as ruas ...
 
... manifestantes arrancam bandeiras dos partidos das mãos dos (pouquíssimos) MILITANTES QUE OUSAM SE INFILTRAR nos imensos e espontâneos movimentos de rua convocados pela internet”.
 

“O POVO UNIDO PROTESTA SEM PARTIDO”

O inverno da nossa esperança
– Cora Ronai -
 
O Brasil tem uma dívida de gratidão com o governador Geraldo Alckmin. Se ele não tivesse soltado a tropa de choque em cima dos manifestantes que protestavam em São Paulo contra o aumento do preço das passagens, é possível que o maior movimento social do país jamais tivesse chegado às ruas. A onda de indignação começou a se formar assim que as primeiras fotos e vídeos das agressões da polícia circularam pela internet; ela se transformou em tsunami quando, horas depois, o governador veio a público defender a polícia e atacar os manifestantes. Como assim? Quer dizer que o cidadão, que paga a conta, ainda tem que aguentar todos os desaforos do governo caladinho, fechado em casa?! É isso?! 
 
Para quem estava nas redes sociais, o que aconteceu a partir daí rolou como um filminho. Subitamente, todos os outros assuntos retrocederam, como fez a maré na Ásia, e as timelines foram tomadas pela insatisfação geral. No sábado, o Twitter e o Facebook mal aguentavam o peso da comoção. Algo de grande e de inesperado estava se formando. No dia seguinte, tentei definir o que estava sentindo:
 
” Estou maravilhada com o que está acontecendo no país. Há quem se queixe que a população não se manifestou em relação ao mensalão, à PEC 37, à roubalheira em geral e à da Copa em particular, e que o preço da passagem seria uma causa “menor”; mas a gente nunca sabe qual é a gota d’água, qual é o estopim que faz com que todo mundo tenha vontade de gritar junto. O que no começo era só um protesto contra 20 centavos virou o protesto que todos queríamos, contra todas as desfeitas que nos vêm sendo feitas de todos os lados, por todos os partidos, por todos os poderes. 
 
É um protesto que, pelo menos à primeira vista, “pegou”. 
 
Ao longo dos últimos anos, fui chamada para N manifestações diferentes, muitas das quais coincidiam com a minha opinião. Nenhuma, porém, tinha jeito de dar liga. Faltava sempre alguma coisa que não sei definir — e que talvez fosse até a polícia na rua, quem sabe? Faltava a empolgação geral, o arrepio na espinha, a massa crítica. 
 
Agora é diferente. 
 
 
Pela primeira vez em muitos anos — mais especificamente, desde o impeachment do Collor — dá para sentir uma tensão no ar, um alento, o brilho de uma esperança coletiva que não discrimina sexo, idade, classe social. 
 
As manifestações da semana que vem podem não dar em nada. A ideia dos panos brancos nas janelas pode — sem trocadilho — passar em branco. É possível até que o momento de indignação geral já tenha passado quando a quinta-feira chegar e for a nossa vez de, aqui no Rio, ir às ruas (eu estava mal informada, não sabia que já tínhamos protesto marcado para a segunda-feira). Penso muito nisso, para não dar corda demais às minhas expectativas e não me amargurar se nada acontecer. 
 
Mas também pode ser que estejamos diante de um grande momento. Que não será apenas um protesto contra o aumento das passagens, mas uma formidável manifestação de cidadania — algo de que nos orgulharemos no futuro, e que contaremos, cheios de saudades, aos nossos filhos e netos.”
 
Até agora, 2h12 de quarta-feira, não tenho motivo para amargura; ao contrário, estou feliz, orgulhosa do meu país e da minha cidade. Quem pede foco aos manifestantes ainda não entendeu que, antes de qualquer coisa, este é um movimento pela cidadania, um movimento que diz ao poder canalha que temos que ele não nos representa.
 
 “O povo unido protesta sem partido”, gritava a moçada em Porto Alegre. Eles me representam.
 ***
A hashtag #ForaDilma disparou para o primeiro lugar nos TTs (trending topics) do Twitter na terça-feira à noite, logo após a burocrática e irrelevante declaração da presidente sobre as manifestações. Não tenho nenhuma simpatia por ela, muito antes pelo contrário, mas acho que definitivamente não é por aí — mesmo porque as alternativas para substituí-la, ao menos no momento, são Michel Temer e Renan Calheiros. 
 
 
A meu ver, as manifestações não são contra A, B ou C, mas contra a classe política como um todo. Cansamos de ver o nosso dinheiro indo para o lixo, cansamos de ver Brasília transformada num balcão de negócios, cansamos da roubalheira e do deboche dos nossos governantes. Todos eles. De todos os partidos, de todos os poderes e de todas as esferas. 
 
“O povo acordou,
o povo decidiu,
ou para a roubalheira ou paramos o Brasil”,
entoavam os manifestantes em Juiz de Fora.
Eles me representam. 
 
***
 
Justo no meio disso tudo, a presidente — a “presidenta”, a chefona, a manda-chuva, a über-faxineira, a mulher que só fala aos gritos com os seus comandados — deixou Brasília para ir a uma consulta urgente em São Paulo… com o seu marqueteiro! 
 
 
Putz. Essa não entendeu nada mesmo.
E não,
ela não me representa.
 

quarta-feira, 19 de junho de 2013

SEJA UM VÂNDALO, SEJA UM OTÁRIO (Anonymous)



Quem és ti?


 
Quem o representa?
 
Um ex-jogador de futebol, um ladrão ou um palhaço?
 
 
PODE ESCOLHER.

Suicídio das ratazanas

 
 "A única coisa que mete medo em político
é o povo na rua."
Ulisses Guimarães
 


"CAPITAIS JÁ BAIXAM TARIFAS DE ÔNIBUS;
PROTESTOS CONTINUAM" 
 
 
Após as manifestações nacionais, o PTista Haddad e outros prefeitos já ANUNCIARAM que  as tarifas de ônibus serão reduzidas.   Na verdade, ninguém teve intenção de anunciar coisa nenhuma, o que houve, de fato, foi uma espécie de pedido para que as coisas "se mantenham como antes no quartel de Abrantes". Ou seja, que se possa (que 'eles' possam!) continuar debochando da nossa cara à vontade,  que possam continuar roubando e se fartando descaradamente sem que ninguém demonstre sua indignação.
 
 
Eduardo Pae$  ($impatizante do PT-Partido dos Trambiqueiros), já fala em negociar com possíveis manifestantes.
 
 
As recentes manifestações serviram para mostrar quem manda aqui, embora o preço das passagens tenham servido apenas como um estopim que só esperava um motivo para ser aceso.  Só nos resta saber, o que saberemos futuramente, se tais manifestações demonstram a insatisfação brasileira ou se é a armadilha que nos espreita. 
 
 
CAGAÇO É CAGAÇO
E QUEM MANDA É QUEM PAGA.
 
 

Brasileiros falam em outro idioma.

 

 
 
 


Vídeo que mostra a nossa triste realidade
e as mentiras que somos obrigados a engolir.


Muitos dirão que ela estará falando num inglês, que de brasileiro não tem nada, por estar mandando um recado para os americanos.  No entanto, seria aconselhável que fizessem uma pequena troca.  Ao invés de falar num idioma que não é nosso, com legenda em português abaixo, que façam o contrário.  
 
 
E TOME COM UMA BOLA NA CARA!
 
 
Brasil, il, il, ... 
PT QUE O PARTIU !

Paralamamas do Sucesso e sucesso do povo brasileiro


       

PARALAMAS DO SUCESSO - Música CAGAÇO - 1994/ Programa Livre. 

Época em que a direita seria o "lado"  dos burgueses e a esquerda viria para salvar o mundo... da miséria que continua até hoje.


Esconde os dentes, segura a pancada
Abaixa o queixo pra salvar o nariz
Atropelado, atabalhoado
Bateu de frente com o trem social
Seguiu adiante, deixando os pedaços
Como a poesia de Wally Salomão
Cuida dos filhos, da filha-miséria
Com que carinho, com que dedicação
Pensa na fome, eu penso na língua
Em libertar meu pensamento burguês
É magricelo, um homem-martelo
Contra o mosaico do nada-que-se-fez
E o tom é de desilusão
E eu vou
Rastejar no chão
Eu tenho cagaço de descer ladeira abaixo
Tenho cagaço de pensar demais
Tenho cagaço de descer ladeira abaixo
Tenho cagaço de pensar demais
 
 
Sinônimos de cagaço:  medo,  susto,   pânico,   assombramento   assombro,   covardia,   espanto,   fobia,   horror,   pavor,    receio,  temor,   terror,   alarma  (Relacionadas:  cortar um prego,   amolecer as pernas,   frio na barriga,   medo,  receio)   - http://www.dicionarioinformal.com.br/caga%C3%A7o/
 
 
CAGAÇO I:  Capitais já baixam tarifas de ônibus; protestos continuam
 
CAGAÇO II: Planalto (que pertence, hoje, ao PT-Partido dos Trambiqueiros) dá aval para desoneração de impostos no setor de transportes
 
CAGAÇO III - "Os governos federal e estaduais estão apreensivos diante dos protestos nos estádios.  Um país vira sede de uma Copa para atrair novos turistas.  Seria muito negativo se manifestantes impedirem torcedores, com ingressos na mão, ou as seleções de chegar aos estádios.  Na primeira rodada, já ocorreram ações que tinham esse objetivo.  (Ilimar Franco em Panorama Político). Se fingem de tolos ou são tolos, de fato?  Será que nossos políticos ainda não perceberam que negativa é a fama  que conquistaram mundo adora?  Será que teriam vergonha apenas do resto do mundo e não teriam vergonha nenhuma de agir bandidamente como agem?
 
CAGAÇO IV  - "A mobilização é um repúdio à política marcada pelo fisiologismo e por negociatas.  É imperativo ampliar os mecanismos de participação direta da população".  Palavras de um de nossos políticos, chamado Chico Alencar, como se ele não tivesse participação na trambicagem já tão conhecida  (maiores detalhes sobre tal político em http://puteiro-nacional.blogspot.com.br/2012/04/voce-daria-seu-voto-mentirosos-entao-no.html)
 
CAGAÇO V - Os radicais dos radicais - Nem militantes do PSOL e do PSTU escaparam das vaias. Cada vez que um de s eus militantes levantava uma bandeira de suas organizações , gerava  gritos de protesto.  Os manifestantes  que saem às ruas estão à margem da esquerda radical .  Na verdade, estão à margem de quaisquer partidos ou instintos políticos. 
 
CAGAÇO VI - Para debaixo do tapete - Os sites dos partidos foram econômicos ao tratar dos protestos que sacudiram o país.  Os do PT, do PDB, do DEM e do PMDB não trataram do tema.  Os verborrágicos Instituto Teotônio Vilela (tucano) e Fundaçpão Perseu Abramo (petista) silenciaram.  Os protestos foram tratados de forma tímida pelo Instituto da Cidadania (Lula)  - o repórter estaria se referindo a algum molusco? 
 
 
 
O secretário nacional de Justiça, Paulo Abraão, está em campanha pela vaga deixa por Cláudio Fonteles na Comissão  da Verdade.  Ele esperava ser indicado para o lugar de Gilson Dipp, que renunciou por problemas de saúde  (que seja criada a Comissão da Mentira!)

terça-feira, 18 de junho de 2013

Troco meu teclado por um fuzil

 

 
 
Ao ler o artigo abaixo, chego a pensar que  o escritor Humberto de Luma Freire Filho, invadiu meu cérebro e tomou conta da minha vontade.
 

 


Por Humberto de Luna Freire Filho

 
Sempre cumpri meus deveres constitucionais e há onze anos exerço meus direitos de cidadão criticando e denunciando, em vários jornais e revistas, os podres dessa mega quadrilha que nos governa. Não sou o único, sou parte dos 22% da população civilizada que não quer ver o país ser destroçado. Mas para tudo tem limite e começo a sentir que estou enxugando gelo. A caneta e o teclado não surtem efeitos em país de analfabetos e semi analfabetos.



A bandidagem possui a chave do cofre e, demonstrando uma total falta de caráter, de ética e moral, compra quem quer nos balcões de negócios instalados no poder Legislativo e no poder Judiciário. O Legislativo há muito tornou-se um antro de corrupção. Salvo raríssimas exceções, é composto pelo que há de pior na já rasteira política nacional. Os ministros da Suprema Corte são escolhidos tendenciosamente pela "presidenta" que, com a orientação do ex presidente mais corrupto que o país já teve, governa para ela e seus asseclas.


Finalmente para sacramentar a nossa desgraça, temos um povo despolitizado e extremamente covarde.

 
O que hoje acontece no Brasil teria em outro país uma resposta por parte da população totalmente diferente dessa alienação que vemos aqui. Enfim, estamos perdidos. Sou democrata e totalmente contra regimes totalitários, seja de direita ou de esquerda, seja militar ou civil, mas a essa altura não vejo outra saída para acabar com toda essa podridão que assola o país.

 
E como patriota, não de campo de futebol, tenho todo o direito de perguntar: onde estão as FFAA? Até quando um incompetente esquerdopata continuará dando ordens aos militares de alta patente, como ministro da Defesa? Até quando o pessoal da Marinha será mordomo durante as férias da dona Dilma? Até quando o pessoal do Exército vigiará morros infestados de traficantes? Até quando os oficiais da Aeronáutica serão pilotos particulares de políticos corruptos?

 
Espero que logo as três armas criem coragem para cumprir seu verdadeiro papel constitucional ou no mínimo, relativizar a suposta obediência. Dá nojo ao cidadão de bem acordar sendo chamado de idiota por essa corja que ocupa o poder. Não merecemos esse tratamento, nem continuarmos vendo em fotos e nas TVs caras impregnadas de cinismo anunciando um Brasil paraíso. Apesar da idade troco meu teclado, que não está dando resultado, por um fuzil.
 
 

O PT e o golpe de Estado! - Ridardo Setti


A Câmara aprovou hoje um golpe de Estado!
Nada menos do que isso! 
 

O plenário do Congresso Nacional: os parlamentares decentes  (PARLAMENTARES DECENTES!) dos diferentes partidos precisam barrar a aberração imoral que se quer aprovar contra os direitos dos cidadãos .

É uma barbaridade!

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputadosjustamente a comissão de JUSTIÇA — APROVOU HOJE UM PROJETO DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO QUE, SE LEVADO ADIANTE, REPRESENTARÁ NADA MENOS DO QUE UM GOLPE DE ESTADO.

Contrariando uma multissecular tradição profundamente enraizada no Ocidente, contrariando o espírito da Constituição, contrariando o bom senso e as regras elementares da democracia, a emenda proposta pretende submeter ao Congresso decisões da Justiça que declare inconstitucionais emendas à Carta.

Isso ocorrerá – se essa loucura prosperar – sempre que o Supremo Tribunal Federal julgar procedentes as chamadas Ações Diretas de Inconstitucionalidade (Adin) propostas por vários órgãos legalmente autorizados a isso (veja quais na lei que regula as Adins, parágrafo 2º).

Ou seja, deputados e senadores serão quem decidirão, em última instância, se vale ou não vale o que eles próprios aprovaram. Nesses casos, SERÃO OS JUÍZES DE SI MESMOS — EM DETRIMENTO DOS DIREITOS E GARANTIAS INDIVIDUAIS DOS CIDADÃOS, cuja garantia é a Justiça.

O Legislativo, sempre controlado, como os demais Poderes, pelo Judiciário nas nações civilizadas e decentes, será seu próprio controlador em determinados casos — e se colocará acima do Poder Judiciário.

É um escândalo, é uma imoralidade.

Se aprovada a emenda, haverá exceções, e exceções gravíssimas, ao princípio constitucional de que todo ato praticado por agente público — e não apenas esses, mas todo ato que gere consequências jurídicas — tem a GARANTIA de ser ou não, em última análise, referendado pelo Judiciário.

É o Judiciário, nos países civilizados, o supremo guardião das garantias constitucionais, que compreendem todos os direitos e garantias individuais — o DIREITO DE IR E VIR, O DIREITO À LIVRE MANIFESTAÇÃO, O DIREITO À LIVRE EXPRESSÃO DO PENSAMENTO, O DIREITO DE ASSOCIAÇÃO… Todos os fundamentos de uma sociedade livre e civilizada.

É o Judiciário, nos países civilizados, pelo menos desde os primórdios da República fundada nos Estados Unidos no século XVIII, quem exerce o controle da constitucionalidade das leis. Que inclui o controle da constitucionalidade de emendas à própria Constituição.

Em certos países, como os próprios Estados Unidos, o papel cabe à Suprema Corte. Outras nações democráticas e civilizadas, como a Alemanha ou a Espanha, mantêm um Tribunal Constitucional específico, ao lado de uma Corte Suprema, que determina se normas aprovadas pelo Legislativo estão ou não de acordo com a Carta de Garantias, a Constituição.


O autor da emenda autoritária e imoral é o DESCONHECIDO deputado Nazareno Fontenele (PT-PI)

De todo modo, esse papel nobre cabe sempre ao Judiciário ou órgão equivalente, um dos Poderes independentes do Estado.

 

A emenda propõe mais barbaridades, entre as quais:

* Sobe para quatro quintos o quórum para o Supremo declarar uma lei inconstitucional.

* Proíbe que ministros do Supremo concedam liminares em mandado de segurança para suspender — até o julgamento final pela Corte — a eficácia de emendas constitucionais.

* Determina que as súmulas de jurisprudência vinculantes (mecanismo editado pelo STF que deve ser seguido por todas as instâncias do Judiciário, com base em decisões repetidamente adotadas pela corte — mecanismo destinado a agilizar a Justiça)) também serão submetidas ao crivo do Congresso antes de entrar em vigor.

COMO OCORRE COM MUITOS DOS TRABALHOS “SUJOS” NO CONGRESSO, A EMENDA FOI ORIGINALMENTE APRESENTADA POR UM DEPUTADO MEDÍOCRE, OBSCURO, DE QUEM NINGUÉM NUNCA OUVIU FALAR — um certo Nazareno Fonteles, do Piauí (e do PT, é claro!). Ele alcançará, agora, seus 15 minutos de fama, exercendo esse triste papel.

Ele apresentou a emenda em 2011, é certo. Antes do fim do julgamento do mensalão. Mas quem decidiu colocá-la em votação AGORA na Comissão de Justiça, de comum acordo com figurões lulopetistas, foi o presidente da Comissão, deputado Décio Lima, de Santa Catarina — e, é claro, do PT.

Os presidentes das comissões é que decidem a PAUTA a ser examinada. Décio Lima pinçou essa emenda de caso pensado.

Como a base parlamentar aliada ao governo Dilma está apoiando essa monstruosidade, parece, mesmo, ser a retaliação contra o Supremo prometida pelo ex-presidente da Câmara Marco Maia (PT-RS).


Querem castrar o Supremo!
Querem amordaçar a Justiça!
 

Querem se vingar pelo fato de a corte ter cumprido a Constituição e as leis, e condenado os mensaleiros a pesadas penas de prisão.

dominam o Legislativo com os métodos que todos conhecemos. Agora, querem que esse Legislativo, que controlem, dominem também o Judiciário.

A democracia estará ameaçada com esse golpe de Estado branco se ele seguir adiante no Congresso.

Os homens de bem da Câmara e do Senado, de todos os partidos — e, não tenham dúvida, eles existem — estão com a obrigação cívica de se oporem a esse ato ditatorial.
 

EM PROL DO CONSERVADORISMO

 
 
 
CONSERVADORISMO é um termo usado para descrever posições político-filosóficas, alinhadas com o tradicionalismo e a transformação gradual, que em geral se contrapõem a mudanças abruptas (cuja expressão máxima é o conceito de revolução) de determinado marco econômico e político-institucional ou no sistema de crenças, usos e costumes de uma sociedade
 
Em termos históricos, o conservadorismo apareceu como doutrina.  Para os conservadores, o indivíduo só existe plenamente integrado numa sociedade e numa tradição.
 
 
Sendo  visto como uma posição político-filosófica, o conservadorismo deixa de  ser vergonhoso e  passa a ser um direito indiscutível  de todos, pois todos nós podemos escolher a posição que considerarmos mais adequada. 
 
 
Seja o conservadorismo mais ou menos legítimo,
mais ou menos moderno ou modernoso,
isso não importa, pois as
 
NOSSAS IDÉIAS SÃO NOSSAS E 
NINGUÉM TEM O DIREITO DE  NOS CALAR.
 

INVERNO VERDE AMARELO COLORE O BRASIL E O MUNDO!!!!

 

 
INVERNO VERDE AMARELO COLORE O BRASIL E O MUNDO!!!!

QUEM TEM OLHOS QUE VEJA!!!
E CORAÇÃO QUE SINTA....
AS CORES VERDE AMARELO
SAEM PELOS OLHOS, PELAS FACES,
PELAS ROUPAS,
PELAS BANDEIRAS...
VERDE DA ESPERANÇA
AMARELO DA LUZ
DA SABEDORIA,
DA CONSCIÊNCIA DE QUE JUNTOS SOMOS MAIS!!!

O MUNDO PÁRA DIANTE
DO BRASIL QUE VAI ÀS RUAS,
SAI DAS REDES E FORMA REDES DE MÂOS,
DE RIO DE PESSOAS QUE NÃO ACEITAM MAIS
SEREM DESRESPEITADAS!!!

O POVO ACORDOU
E OS POLÍTICOS SE VÊEM COMPLETAMENTE
DISTANTES DE UM POVO QUE NÃO REPRESENTAM!
DE UM POVO QUE EXPLORAM!
DE UM POVO QUE DIZ NÃO!
A OPRESSÃO,
A CORRUPÇÃO!

A FAVOR DE UMA DEMOCRACIA DIRETA,
ONDE O POVO SE REPRESENTA E SE
REBELA DE FORMA CONJUNTA
CONTRA A HIPOCRISIA
DA CORRUPTA CLASSE POLÍTICA!!!

BRASIL PARA OS VERDADEIROS
BRASILEIROS!

ESTOU FELIZ DE FAZER PARTE DESSA HISTÓRIA!
LIBERTAS QUAE SERÁ JÁ!!!
LIBERDADE AGORA E JÁ!!!