Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos,
porque a história de nossos políticos
pode causar deficiência moral irreversível.

É a vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida pública.


quinta-feira, 20 de junho de 2013

Algumas explicações - MERVAL PEREIRA

 
 Algumas explicações - MERVAL PEREIRA
Retirado do Blog do Murilo – PERCA TEMPO
Artigo completo em
  
Prosseguindo na tentativa de entender os últimos acontecimentos, trago hoje para os leitores a opinião de dois cientistas políticos. Octavio Amorim Neto, da Fundação Getulio Vargas do Rio, lembra que há uma regra da política que finalmente se cumpre no Brasil: quando a oposição é impotente no parlamento, acaba indo para as ruas.
 
... sendo originalmente de esquerda, controla quase todos os grandes sindicatos e movimentos sociais.
 
Sob fortes governos de centro ou de direita, a oposição de esquerda tem todo o incentivo para se manifestar intensamente nas ruas, como o PT fez durante os dois mandatos de Fernando Henrique Cardoso. Já a atual oposição no Brasil, constituída por PSDB (centro) e DEM (centro-direita), não tem capacidade organizacional nem capilaridade social para mobilizar as pessoas para tomarem as ruas.
 
...  não têm liderança visível e têm propostas muito difusas. Essas seriam, segundo o cientista político, as "condições necessárias" para movimentos desse tipo.  (VER ARTIGO DE RODRIGO CONSTANTINO PARA COLOCAR AQUI O SEU ENDEREÇO)
 
... "condições suficientes" ...,  ...  a carestia ...,   péssimos serviços públicos, ... a  corrupção que grassa a política do país.
... 
... o que se viu foi seu agigantamento corporativo e seu fatiamento fisiológico partidário em feudos medievais para apoio parlamentar, sem falar na corrupção".
 
...  péssima qualidade dos serviços públicos essenciais, ... .
 
... as vezes em que o estado se distancia da sociedade , historicamente, esta vai para as ruas ...
 
... manifestantes arrancam bandeiras dos partidos das mãos dos (pouquíssimos) MILITANTES QUE OUSAM SE INFILTRAR nos imensos e espontâneos movimentos de rua convocados pela internet”.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opinião dos leitores