Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos,
porque a história de nossos políticos
pode causar deficiência moral irreversível.

É a vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida pública.


quinta-feira, 25 de março de 2010

É dando que se recebe.


Por isso...



Enquanto  os trabalhadores continuam suando para receber míseros quinhentos e poucos reais, um salário excessivamente mínimo, tão criticado pelo ex-sindicalista, L.I.  resolve fazer mais algumas doações:
  
- DAR  verbas a municípios inadimplentes, desrespeitando a legislação .

- DAR  3 mil reais por mês aos campeões mundiais de futebol, na forma de mais uma bolsa, a `Bolsa Copa` Beneficiados: os 49 jogadores de l958, 1962 e 1970.   Como dentre eles, 12  já morreram,   a bolsa irá para suas famílias .
 
- DAR, como prêmio, mais 150 mil reais a cada jogador.
 
 
Em sua plena ignorância, o povo acredita que sua vida melhorou no atual governo, sem perceber que a dependência o escraviza.
 
 
 

quarta-feira, 24 de março de 2010

A falsidade aplaude a mentira


Se não pudessem saber pelos seus olhos,
ainda assim poderiam saber ..., mas não querem saber.
L.I., que sempre alega não saber das patifarias
de seus governo, criticando a imprensa.




II  Salão Nacional de Territórios Rurais
 
No discurso em que parece apresentador de auditório, L.I. conta uma historinha, que teria ocorrido numa padaria, com a intenção visível de se fingir humilde.

O fato lembra outro caso, quando  era um  sincalista  em plena ascensão.  L.I. aparece numa foto comendo numa quentinha, sentado no chão, em pleno ano de l980, quando este não era mais seu estilo há  bastante tempo.
 
L.I., que não admite críticas a seu governo, insiste em acusar a imprensa de mentirosa. Já alegou ser `perseguido` por sua origem, por falta de instrução ou qualquer outro preconceito que justifique uma suposta injustiça. L.I. esqueceu que foi justamente a mídia que divulgou a imagem do ex-sindicalista com diversas reportagens e entrevistas. Mas isso não nos surpreende mais.  

O que assusta, neste vídeo, é o comportamento da platéia.  Um deles arregala os olhos quase babando falsamente de admiração; todos dão gargalhadas exageradas para  fingir o que não sentiam;  e deixam de lado o constrangimento ao aplaudir críticas feitas, por L.I., aos `tablóides`.

Este vídeo dá engulhos.
 
 
 

Lula, Dilma e a cartomante.




 Aos mais próximos, Lula tem reclamado da
(falta de) desenvoltura de Dilma Rousseff nos palanques.
Avalia que seus discursos são longos e sem emoção.
Radar - revista Veja 17/3/2010


Que motivos teriam levado L.I. a escolher Dilma como sucessora? Fazer campanha por Dilma Rousseff é muito mais trabalhoso, difícil e caro - embora este não seja problema dele - do que tentar eleger qualquer político.

Dilma jamais concorreu a qualquer cargo que dependesse de voto. Todos os empregos que teve foram por indicação, não por votação ou vocação. Dilma é uma figura inexpressiva, que precisa do `grande pai` ao lado para ser vista.

A candidata de L.I., uma novata que sequer concorreu um dia ao cargo de vereadora nos `confins do judas` se torna, logo na primeira vez, candidata á presidência da Republica, um fato inusitado.

Então, por que foi ela a escolhida?  Porque, segundo L.I, Dilma não significa apenas a garantia de vantagens políticas futuras, representa ao megalômano um enorme desafio.

L.I., que acredita no seu milagroso poder mundial, tem investido toda a máquina do Estado na campanha da novata. Caso Dilma vença a eleição, deverá o cargo a mim, e a mim estará subjugada, deve pensar ele.

A vitória de Dilma significaria a sua vitória. Estaria provado seu imenso poder de conseguir o que quiser, até mesmo transformar pedra numa rosa.


Vamos supor
que o desejo de L.I. se concretize.

Luís Inácio sempre procura mostrar que apenas ele é capaz.  Portanto, caso sua pupila o suceda, ouviria de seu tutor críticas duras e insistentes a seu governo. E ele ainda usará contra ela tudo o que deixou de ruim, como as obras inacabadas, dívidas acumuladas, falta de ensino e atendimento médico. Será a grande chance de L.I. dizer a todos `Viram só? Apenas eu salvarei a pátria.

Porém o histórico de Dilma mostra uma mulher agressiva e autoritária desde seus tempos de terrorista. Será então que, no caso de assumir a presidência da República, Dilma aceitará tudo o que seu mestre mandar? Será que a criatura reconhecerá seu criador?

Talvez, encantada com falsos números de pesquisas encomendas, Dilma já esteja preocupada em saber sobre o futuro e em como se livrar de L.I. .



terça-feira, 23 de março de 2010

Lula - 2007 e 2010



Abril de 2007
L.I. afirmou, durante a primeira reunião com sua nova equipe ministerial: "Eu não vou deixar dívida para meu sucessor".


Março de 2010
L.I. deixará a seu sucessor uma conta estimada em aproximadamente R$ 35,2 bilhões, referentes a obras do PAC, que não serão executadas nem pagas no final do seu governo, quando desandou a fazer obras na pressa de mostrar ``trabalho`` .


E o que fará L.I. ao ver o novo presidente com as dívidas que ele mesmo deixou, e - para sua sorte - o presidente anterior não deixou para ele?  Nem é preciso bola de cristal para saber .

  

MENTE, PRESIMENTE


Montagem
blog do Cícero - ciceroart.blogspot.com

segunda-feira, 22 de março de 2010

Lula e secretários da ONU. Quanta diferença!

Brasil é um dos países que não cumprirão
metas para saneamento segundo a ONU.
FOZ DO IGUAÇU (ANSA) - O Brasil, assim como a maioria dos países da América Latina, não deverá atingir as Metas do Milênio de água e esgoto, que preveem a redução em 50% do déficit no acesso a estes serviços, segundo um especialista da ONU ouvido pela ANSA. - Por VITOR LOUREIRO SION 


Ban Ki-moon (oitavo e atual secretário-geral da ONU)
- Diplomata coreano
- Ex-ministro dos Negócios Estrangeiros e Comércio de seu país.
- Estudou Relações Internacionais na Universidade de Seul e posteriormente na Universidade de Harvard. 
- Foi embaixador da Coréia do Sul na Áustria entre 1998 e 2000.
-  Eleito secretário-geral da ONU pela Assembléia Geral da organização em 13 de outubro de 2006.



Kofi Atta Annan (sétimo secretário geral da ONU
- Diplomata de Gana.
- Foi laureado com o Nobel da Paz em 2001.

- Origem: nobre em sua terra natal, seu nome significa "nascido em uma sexta-feira".
- Estudou Economia na Universidade de Ciência e Tecnologia de Kumasi.
- Recebeu bolsa de estudos para continuar seus estudos nos EUA.
- Começou a trabalhar nas Nações Unidas ao ingressar em 1962 na Organização Mundial da Saúde.
- Ao longo dos anos exerceu diferentes funções na ONU até chegar ao posto de secretário-geral em 1 de janeiro de 1997.



Já imaginaram um sujeito sem ética, deselegante, grosseiro, desbocado, mal educado, agressivo e  mentiroso (ou louco) na ONU?  

E, principalmente, tendencioso.


A ONU viraria a Casa da Mãe Joana


NOTA - um dos simpatizantes de L.I. na secretaria geral da ONU são os palestinos.



domingo, 21 de março de 2010

Vírus de Lula provoca mentira ou loucura ?


"Eu acho que o vírus da paz está comigo desde que estava no útero da minha mãe. Não me lembro do dia em que briguei com alguém",  disse L.I. .


Abaixo vemos o verdadeiro L.I, que tem a intenção de ser secretário geral da ONU, embora desconheça educação e diplomacia .


No vídeo acima L.I. trata repórteres com grosseria e desdém,
o  que  costuma fazer com  `subordinados`.


Em Tóquio,  maio de 2005, L.I. deixou seus assessoros aflitos (mesmo acostumados com sua grosseria)  e os  diplomatas incrédulos com o que ouviam:

- Tem hora, meus caros, que eu tenho vontade de mandar o Kirchner para a puta que o pariu.  Afirmou L.I. aos gritos, na mesa, provocando constrangimento aos outros. 

- O Chile é uma merda. 

Alguns poderão alegar que L.I. não brigou nos casos citados, foi apenas um tanto...  ``rígido``. Terão razão em parte, afinal não houve briga de fato, pois a agressão foi unilateral. Partiu apenas dele, como em diversas outras ocasiões .

Mas jamais poderão afirmar que L.I. tem o vírus da paz, como ele disse, e ficarão nos devendo uma resposta: Luís Inácio é mentiroso ou louco?

Camisa de força já,
antes que se torne um mal irreparável.







Intervalo para o video - cubanos invadiram nossa embaixada em Miami


Depois página especial para
o  `vírus da paz`





Algum jornal divulgou o fato?

ONU e manicômio se confundem...

...na cabeça de um louco.



Luiz Inácio estaria sonhando com a possibilidade de assumir o posto mais alto da diplomacia mundial (reportagem no The Times). Após ser presidente da república se tornaria secretário-geral da ONU.

 

Parece que o primeiro a ter esta idéia  foi o presidente da França, um vendedor de aviões acima do preço para Luís Inácio.  Mas, segundo The Times, L.I. teria sido consultado por mais de uma pessoa sobre a questão, porém seus nomes não foram citados, provocando dúvidas sobre a veracidade do fato. 


Seria impossível que L.I. não saísse berrando para a platéia em seus discursos diários: `Ontem mesmo X ou Y me pediu (ou implorou) que eu substituísse Ban Ki-moon na secretaria da ONU. Mas eu disse a ele que eu ainda não tenho tempo para pensar no assunto porque eu estou preocupado em eleger a minha candidata.`` E, em seguida, teria orgasmos múltiplos ao expor sua própria grandiosidade.


Sobre o assunto, o assessor presidencial para assuntos internacionais, Marco Aurélio Garcia, fez o seguinte comentário: "Ele (L.I.) tem um grande interesse em questões internacionais, no processo de integração da América do Sul", disse Garcia ao Times.   Marco Aurélio deveria ter ficado calado.




Alguns - poucos - motivos
que evidenciam a falta de diplomacia de L.I. :



- Não participou da recente posse do presidente do Chile, coincidente conservador.
- Ignora o sentido da imparcialidade, condição necessária ao cargo que ocupa e indispensável a secretário da ONU .
- ``Parece`` haver um clima político não muito agradável entre Brasil e Colômbia.
- L.I. vive de beijos e abraços com o que há de pior entre governantes radicais, como Ahmadinejad, por exemplo.
- Comparou dissidentes cubanos com bandidos comuns presos em São Paulo.


L.I. tem criticado constantemente a fraca atuação da ONU em conseguir a paz no mundo.  Deve acreditar que somente ele conseguiria isso.


"Acho que o vírus da paz está comigo
desde quando eu estava no útero da minha mãe.

- Esta frase merece capítulo especial -