Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos,
porque a história de nossos políticos
pode causar deficiência moral irreversível.

É a vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida pública.


sábado, 9 de abril de 2011

A mídia e diversas maneiras de contar a mesma história. Parte II

  


Rapaz ou homem?  Criança ou adolescente?  Bom ou mau aluno?  Qualidades excepcionais ou uma pessoa normal?



Bem, vai depender do que a imprensa pretende informar, ou melhor, do impacto que pretende provocar.

Não se trata do tipo de ocorrência, seja catastrófica ou não. É o recurso usado para manipular os sentimentos dos leitores ou telespectadores, a forma garantida para 'vender' mais, às custas das emoções alheias. 
O mesmo envolvido em algum fato revoltante pode ser classificado como rapaz, caso sofra o ataque. Mas será chamado de homem se for ele o meliante.  Da mesma forma, será um adolescente caso tenha assassinado os pais friamente, mas será apresentado diante das câmeras como criança se a vitima for ele. 
Nessa apresentação apelativa para mostrar fatos horríveis de maneira ainda pior, há uma característica sempre presente, não apenas por parte dos jornalistas, mas dos próprios familiares sofridos.   Alguém já viu, por exemplo, a triste mãe de um mau estudante diante do microfone, após uma tragédia? 
  
Notícias dramáticas têm um público certo
e são apresentados com as palavras exatas.
Montagens

sexta-feira, 8 de abril de 2011

A mídia e diversas maneiras de contar a mesma história. Parte I - HUMOR





Se a história da Chapeuzinho Vermelho fosse verdadeira, como ela seria veiculada pela imprensa brasileira?
Enviado por Henrique Neiva

*Jornal Nacional* - (William Bonner): 'Boa noite. Uma menina chegou a ser devorada por um lobo na noite de ontem.';  (Fátima Bernardes): ... mas a atuação de um caçador evitou a tragédia.'


*Programa da Hebe**  - "Que gracinha, gente! Vocês não vão acreditar, mas essa menina linda aqui foi retirada viva da barriga de um lobo, não é mesmo?" 
 
*Cidade Alerta* - "Onde é que a gente vai parar, cadê as autoridades? Cadê as autoridades? A menina ia pra casa da vovozinha a pé! Não tem transporte público! Não tem transporte público! E foi devorada viva.   Um lobo, um lobo safado. Põe na tela, primo! Porque eu falo mesmo, não tenho medo de lobo, não tenho medo de lobo, não!" 
 
*Superpop*  - "Geeente! Eu tô aqui com a ex-mulher do lenhador e ela diz que ele é alcoólatra, agressivo e que não paga pensão aos filhos há mais de um ano. Abafa o caso!"

*Globo Repórter*

"Tara? Fetiche? Violência? O que leva alguém a comer, na mesma noite, uma idosa e uma adolescente?   O Globo Repórter conversou com psicólogos, antropólogos e com amigos e parentes do Lobo, em busca da resposta.   E uma revelação: casos semelhantes acontecem dentro dos próprios lares das vítimas, que silenciam por medo. Hoje, no Globo Repórter." 
 
*Discovery Channel*  - "Vamos determinar se é possível uma pessoa ser engolida viva e sobreviver."

*Revista Veja* - "Lula sabia das intenções do Lobo." (comentário retirado após reler... sem rir)
 
*Revista Cláudia*  - "Como chegar à casa da vovozinha sem se deixar enganar pelos lobos no caminho."

*Revista Nova*  - "Dez maneiras de levar um lobo à loucura, na cama!"
 
*Revista Isto É*  - Gravações revelam que lobo foi assessor de político influente. 
 

*Revista Playboy* - (Ensaio fotográfico com Chapeuzinho no mês seguinte): "Veja o que só o lobo viu." 
 
*Revista Vip*  - "As 100 mais sexies - Desvendamos a adolescente mais gostosa do Brasil!" 
 
*Revista G Magazine*  - (Ensaio com o lenhador) "O lenhador mostra o machado." 
 
*Revista Caras*  - Na banheira de hidromassagem, Chapeuzinho fala a CARAS: "Até ser devorada, eu não dava valor pra muitas coisas na vida. Hoje, sou outra pessoa."

*Revista Superinteressante* - "Lobo Mau: mito ou verdade?"
 
*Revista Tititi*  - "Lenhador e Chapeuzinho flagrados em clima romântico em jantar no Rio."
 
*Folha de São Paulo*  - "Lobo que devorou menina era do MST" .
 
*O Estado de São Paulo*  - "Lobo que devorou menina seria filiado ao PT."

 
*O Globo*  - "Petrobrás apóia ONG do lenhador ligado ao PT, que matou um lobo para salvar menor de idade carente."
 

*O Povo* - "Sangue e tragédia na casa da vovó." 
 
*O Dia*  - "Lenhador desempregado tem dia de herói."
 
*Extra*  - "Promoção do mês: junte 20 selos, mais 19,90 e troque por uma capa vermelha igual a da Chapeuzinho!" 
 
*Zero hora*  - "Lenhador passou o rodo e mandou lobo pedófilo pro saco!" 
 
*Capricho*  - Teste: "Seu par ideal é lobo ou lenhador?"



A imprensa tem capacidade para crucificar um santo
 ou endeusar o diabo...
dependendo de seus interesses
(ou necessidades).

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Em homenagem aos 'mensaleiros'.


Abaixo a música do vídeo Desabafo (que está numa página anterior), mais atualizada e bem de acordo com a nossa atualidade política.
  
Da mesma forma que o outro, as palavras são (merecidamente) de baixíssimo calão, portanto menores de idade (?) e quem não estiver disposto, não abra.


AGORA, VAMOS CANTAR.

video






terça-feira, 5 de abril de 2011

Para finalizar, uma análise das perguntas feitas no vídeo

Depois do término do governo Lula é hora de se lavar os pratos
e jogar a sujeira na cara de seus eleitores.
Da tribuna o senador Álvaro Dias denuncia,
conforme noticiado pela imprensa, e um desvio
de mais de 600 milhões de reais da Saúde entre 2007 e 2008,
entre tantas outras mazelas. E por aí vai-se caminhando,
sem maiores atropelos e gravidades, até esbarrar
na falta de "decoro" do deputado Jair Bolsonaro
- falta gravíssima, racismo - conforme acusou seu colega Edson Santos.
Os desvios de tais verbas são migalhas, mesmo que cause mortes em série
- mas desvio de verbas, principalmente se for pelo PT, nada acontece.
Sem preconceito, mas basta ser petista
para ser promiscuo - e as provas estão aí.

João Roberto Gullino - Petrópolis, RJ
 

Impressionante como a maior parte das pessoas, a mídia inclusive, se deixa levar pela distorção disfarçada (muito mal disfarçada, diga-se de passagem) do que se tornou "politicamente correto".

Vamos às perguntas feitas ao deputado Jair Bolsonaro, que merece tão pouca consideração quanto todos os outros da mesma classe. Não se trata de defender um deputado, é claro, apenas analisar o que não passa de uma imposição, pois muitos aderiram mesmo sem concordar plenamente.


Quem é o seu guru na política?   Resposta: Os militares que foram nosso presidente em nosso país...
Nota: todos têm o direito de gostar do que quiser. Se não fosse assim, ninguém comeria chuchu.


O que você acha da Dilma?    Resposta: Pelo passado dela, sequestro, roubo... por mim, não seria jamais presidente da república.
Nota: nada de excepcional na resposta do deputado.


Está com saudade do Lula?   De jeito nenhum, né? Tenho saudade de pessoa séria, como Médici, Geisel, Figueiredo...

Nota: nem mesmo os antigos 'adoradores' sentem falta de L.I. O mal gosto é sentir falta do autoritário Médice. O que é comprovadamente um direito dele.

 

Bolsonaro, do que você tem mais saudade na ditadura?   Resposta: Do respeito, da família, da segurança, da ordem pública... e da autoridade, quer dizer, autoridade sem enriquecer.
Nota: Para quem não gosta da bagunça que se instalou no país, a resposta é perfeita.


Já que o senhor gosta da ditadura, porque o senhor não muda para Cuba?    Resposta: Eu detesto Cuba e, por mim, não existiria o regime que temos em Cuba atualmente.
Nota: Esta pergunta deveria ser feita principalmente a L.I.. Ou, melhor ainda, perguntem ao ex-presidente porque ele não se muda para o Irã.


O senhor é a favor que (sic) o Brasil tenha a bomba atômica?   Resposta: Olha, só é respeitado - não é? - quem tem o poder de intimidar. Se o Irã pode ter - segundo o Lula, né? - nós até poderíamos marchar para isso.
Nota: Pela resposta... dá para perceber que, mais uma vez, fizeram mais uma pergunta à pessoa errada.


O senhor continua achando que o FHC deveria ser fuzilado?     Resposta: Foi uma força de expressão, na época, mas em relação à situação especial da Vale do Rio Doce, ele se comportou como um traidor da pátria.
Nota: Como sempre, se aproveitam de comentários destemperados, típicos de gente com um temperamento como o de Bolsonaro, na intenção de impresá-lo na parede.



Você acha que o militar ganha pouco, por que? Militar não trabalha!   Resposta: Não trabalha? Você está no calçadão de Copacabana; os militares estão no morro do Alemão.
Nota: Aqui é evidente o 'ranço' criado contra os militares. Fácil conseguir isso com os brasileiros, principalmente os de pouco conhecimento . Seria bem mais natural que o entrevistador fizesse tal pergunta em relação ao próprio deputado.


Alô, deputado, você é briguento assim em casa? Como é que sua mulher te aguenta? Resposta: Ela, quando começou a namorar comigo ficou preocupada. Mas logo depois viu que realmente eu sou uma pessoa excepcional dentro de casa. Sem problema nenhum, sem violência...

Nota: Interessante ver como estes cariocas aparentam conhecer tão bem o temperamento de determinado deputado. Logo eles que ignoram tudo o que ocorre em nosso país.


O que você faria se pegasse seu filho fumando "unzinho"?   Resposta: Eu daria uma porrada nele, pode ter certeza disso.

Nota: os adultos que estão cada vez mais acostumados a viver sob a tutela dos governantes, ficam impossibilitados de compreender o que foi dito. "Dar porrada" é uma forma exagerada de dizer que bateria em seu filho, o que sempre foi feito... até que a palmada se tornou proibida por lei.


Torturaria ele?    Resposta: Se agir com energia é torturar... vai ser torturado.
Nota: Depois disso Bolsonaro será considerado um torturador infantil.


O que você faria se você tivesse um filho gay?   Resposta: Isso nem passa pela minha cabeça. Se ele tiver educação, com um pai presente, então não corro esse risco.

Nota: Gostaria de saber qual o pai se sentiria muito à vontade em saber que seu filho é gay. Ao menos por enquanto, por não ter se tornado obrigatório.



No exército tinha muita viadaaaagem(modo de se expressar da entrevistadora) ?  Resposta: No nosso meio, não é, o percentual é muito pequeno, mas são tolerados e é respeitados. Logicamente aquele que quer aparecer tem o tratamento devido, de acordo com o legislação militar.
Nota: Esta resposta evidencia que o deputado não sofre de nenhum preconceito contra o homossexualismo, que é um direito de escolha de cada indivíduo. O que ele critica é a forma escancarada de expor sua homossexualidade. Nada mais natural que não querer a preferência sexual dos outros esfregada em seu nariz.



Para o senhor qual o homem mais bonito do Brasil?   Resposta: Eu não acho homem bonito, os homens pr'á mim são todos iguais.



Se te convidarem para sair num desfile gay, você iria?   Resposta: Eu não iria porque eu não participo - né? -, de promover os maus costumes. Até porque acredito em deus, tenho a família e a família tem que ser preservada a qualquer custo, senão uma nação simplesmente ruirá.
Nota: O deputado acaba de ganhar minha admiração, pois não há nada mais desagradável do que ver as mutidões nas passeatas gay com as criancinhas no colo. As mesmas multidões que nunca participam de mobilizações políticas.


Por que o senhor é contra as cotas raciais?    Resposta: Porque todos nós somos iguais perante a lei. Eu não entraria num avião pilotado por um cotista. E nem aceitaria ser operado por um cotista.
Nota: No vídeo, ouve-se um "POIM" ao fundo, como se fosse um absurdo ele admitir que considera os cotistas menos prepareados que os outros, quando todos nós temos direito a nossas próprias opiniões.


Quantos chefes negros você já teve?   Resposta: Eu nem conto. NÃO DOU BOLA P'RÁ ISSO.
Nota: O deputado deixa evidente, mais uma vez, que não ter nada contra os negros.


Se seu filho se apaixonasse por uma negra, o que você faria?   Resposta:  Ô preta, eu não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. (ao fundo soa um "aiá!").  Não corro esse risco e meus filhos foram muito bem educados. E não viveram num ambiente como lamentavelmente é o teu.
Nota: como ficou evidente não haver racismo da parte do deputado, seria interessante dar uma olhada nas fotos que estão no outro capítulo para saber se ele estaria se dirigindo à cor (já totalmente escondida pela própria filha de Gilberto Gil)


*

 

Depois de analisar um maior trecho da entrevista (que maldosamente tem apenas o último trecho espalhado pelos quatro cantos), basta responder:

1 - Bolsonaro demostrou que tem alguma coisa contra a preferência sexual dos gays ou apenas não aceita a homossexualidade escrachada?

2 - Se Bolsonaro é racista como dizem seus atacantes, seria possível ele não se incomodar por ter um chefe negro, como ele mesmo disse?

3 - A resposta de Bolsonaro à atualmente loura filha de Gilberto Gil foi relativa à sua cor (negra há tempos atrás) ou ao seu comportamento  (veja fotos no capítulo abaixo) ?

 
 
Que sorte teve o CQC!  
Conseguiu um verdadeiro milagre ao entrevistar o grupinho
acima, no meio do povão brasileiro, que não costuma saber
nada além do futebol e carnaval.
Foi uma sorte inacreditável!
 
 


segunda-feira, 4 de abril de 2011

Salário mínimo X trabalho mínimo



O Conselho Nacional de Justiça mandou que os Tribunais e as varas passem a trabalhar como todo brasileiro, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.   Além de natural, seria a única maneira de resolver o problema dos milhares de processos acumulados (foto abaixo) que infernizam a vida de quem aguarda uma solução para seus casos.  



O aumento do horário de trabalho  deixou os  servidores do Judiciário revoltados, sem nada  que possa explicar, de fato.     Como o verão  está acabando,  por exemplo, certamente o calor se tornará bem mais suportável aos frágeis servidores da justiça.  Caso continue sufocante, é fácil resolver o problema para colocar o trabalho em dia:  ao invés de manter o tempo de folga,  troquem as horas de trabalho, por exemplo com a exigência de ar condicionado em suas salas.  Ou mesmo um ventilador.  Então -  quem sabe? - espalhem leques em cima das pilhas de processos.

desembargador Marcus Faver (Colégio Permanente de Presidentes dos Tribunais de Justiça) se aproveitou do calor como argumento, ao dizer que os  os servidores da Justiça não podem trabalhar no horário determinado.  O desembargador ameaçou recorrer da ordem do CNJ e avisou sua intenção de reunir os presidentes dos tribunais.   

"É complicado, no calor, você respeitar o horário estabelecido (pelo CNJ). O Piauí tem um calor intenso das 12h às 15h, é quase impraticável trabalhar, argumentou Marcus Faver."


Estranho, mesmo, é  saber que a maioria dos trabalhadores brasileiros não apenas enfrenta o calor no local de trabalho. Geralmente suportam, sem reclamar, em meio ao tumulto nos ônibus ou trens, o abafo sofrido no longo caminho  desde sua casa ao local de serviço -  na ida e na volta.  Tudo por uns míseros trocados como salário.




QUE UM DIA SE FAÇA JUSTIÇA.
E COMECEM A COLOCAR
SEU TRABALHO ATRASADO EM DIA.


HOJE É DIA 04.04 - DIA DA PASSEATA AO STF ... SEM SAIR DE CASA


O processo dos mensaleiros está em andamento nas gavetas do Ministro Joaquim Barbosa . Se não for julgado até agosto, será arquivado por decurso de prazo. E NÓS SEREMOS CONIVENTES.

POR FAVOR, NÃO DEIXE DE ENVIAR O TEXTO ABAIXO OU OUTRO QUALQUER PARA O MINISTRO, mesmo achando que não adianta nada, porque NÓS SOMOS OS PRINCIPAIS RESPONSÁVEIS PELA SITUAÇÃO INDECOROSA A QUE CHEGARAM ESSES POLÍTICOS.

ENVIE UM FAX, COMO FOI SUGERIDO PELO GRUPO DE ROBERTO GULLINO, OU, AO MENOS, ENVIE UM E.MAIL  (gabminjoaquim@stf.gov.br) COM O TEXTO PRONTO QUE ESTÁ ABAIXO, OU COM ALGUMA ALTERAÇÃO. BASTA ENCAMINHAR PARA EXIGIR RESPEITO.   Quem quiser, basta aproveitar o texto pronto enviado por  Roberto Gullino, que está na caixa de mensagens de vocês ou no endereço 
http://puteiro-nacional.blogspot.com/2011/03/por-telegrama-ou-email-diga-alguma.html



NOVA VERSÃO DO VÍDEO MAIS DE ACORDO  COM O ASSUNTO.
Nova e péssima versão porque não consegui a música original do vídeo anterior.

COMO AVISADO ANTES, O VIDEO TEM PALAVRAS DE BAIXÍSSIMO CALÃO. SE FOR MENOR OU NÃO ESTIVER DISPOSTO A OUVIR, NÃO ABRA. E, SE ABRIR, NÃO RECLAME.  SE MERECER O VÍDEO, TAMBÉM NÃO, pois, quem não respeita, não merece respeito.