Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos,
porque a história de nossos políticos
pode causar deficiência moral irreversível.

É a vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida pública.


sábado, 17 de novembro de 2012

A "'convivência" de Dilma com o PT

 
 

Dilma avisa que "não é palhaça" e condena PT por divulgar, sem

consultá-la, manifesto radical contra STF  


Artigo completo
Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão -
serrao@alertatotal.net

Eu não sou palhaça! Eu não sou palhaça!”. Esta foi a reação irada da Presidenta Dilma Rousseff, quarta-feia à noite, ao ver no Jornal Nacional a pancada editorial dada pela Rede Globo no manifesto “O PT e o julgamento da Ação Penal 470”. A raiva de Dilma, alegando que não era palhaça, foi verbalizada ao presidente do PT, Rui Falcão.



 
A petralhada não gosta da independência da sucessora de Lula
em relação a eles. Inclusive, temem que Dilma aproveite as condenações no processo do Mensalão como desculpa para se descolar das lideranças petistas e do próprio partido. Nos bastidores de intrigas, uns até apostam que Dilma, na hora que for conveniente para ela, sai do PT e se filia ao PDT e ao PMDB (?). Aliás, o ex-marido dela, Carlos Araújo, já está voltando para o partido do falecido Brizola, depois da vitória pedetista para a Prefeitura de Porto Alegre. (Blog Lilicarabina)
 
 
 

DESABAFO...

 
... Recebido por email e postado nos comentários da Veja online.
 
NOTA: Não deu prá ver quem fez o desabafo que traz o que já sabia menos o caso inicial.  Abraços, Assis 

Carta Aberta a um CANALHA!

Desculpem-me o desabafo. Explico a razão!

Um dia, NO GABINETE DA CASA CIVIL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, fui “orientado”por um canalha, ladrão, impostor, pústula e agora CORRUPTO condenado a “aceitar” indicações de empresas para um projeto em Portugal que eu dirigia há mais de três anos.

Não aceitei. Não era moral. Não era justo com as empresas que iriam concorrer a benefícios do Fundo Comunitário Europeu para implantar empresas brasileiras na Europa. E que acreditaram no projeto desde o primeiro momento.

E nenhuma delas constava da lista apresentada pelo filho da puta!

Com minha recusa em assinar a canalhice (já que era o responsável frente às autoridades portuguesas!), ouvi: “Você vai se fuder!”. Só respondi: “Veremos!”.  (Na mesma sala estavam petistas das mais diversas correntes e ministérios, todos irmanados na adoração ao capitão do time de Lula). TENHO OS NOMES DE TODOS!

Fui sacado do projeto. Fui colocado em uma lista negra. Voltei para as montanhas.
Retornei a Portugal quando Lula lá esteve – após o episódio – às minhas custas. E para meu orgulho, ao ser avistado na plateia (como mero espectador) pelo primeiro-ministro José Sócrates, este me convidou (como “amigo de Portugal”) para participar da mesa.

Expliquei aos dirigentes de Portugal o que se armava na Casa Civil do Brasil. O projeto foi, felizmente, cancelado. Uma vergonha a menos e minha imagem – de profissional e ser humano – preservada.

Minha presença em trabalhos profissionais que estavam em andamento em diversos estados foi cancelada. Quebrei. Mas descobri a mola no fundo do poço!  E hoje, posso olhar minha filha e meus amigos de frente!

E O CANALHA, ESCROTO E CORRUPTO JOSÉ DIRCEU DE OLIVEIRA E SILVA (TAMBÉM CONHECIDO COMO PEDRO CAROÇO, QUANDO ABANDONOU MULHER E FILHA AO SE SENTIR NOVAMENTE EM PROTEÇÃO, POIS MENTIU ATÉ A IDENTIDADE VERDADEIRA DA PRÓPRIA COMPANHEIRA) SÓ PODERÁ VER OS COMPANHEIROS DE ASSALTO PELAS FRESTAS DE UMA CELA!

TODOS os antigos “companheiros” passaram a me evitar. Recebia recados de muitos, dizendo me apoiar, mas que “o partido não entenderia estar próximo a mim”. Virei LEPROSO.

Ouvi quieto as loas e o permanente incensar a um partido que estava assaltando cofres e até caixa de esmolas em igrejas, se dessem oportunidade.
  • Delúbio? Conhecido das pedras de Brasília! Ladrãozinho barato, de tostões, como rato que come sobra de refeições!
  • FAT? Dinheiro do trabalhador distribuído aos amigos.
  • Professor Luizinho? Antigo professor e hoje próspero fazendeiro na Bahia.
  • Dirceu? Dono de mansões só viaja de jatinhos para não se encontrar com o“populacho”.
  • Palocci? Ladrão desde a prefeitura. Todo petista de Brasília sabia detalhes.
  • Filho de Lula? Andando no avião presidencial e um tratador de zoo transformado em empresário (sócio da OI) e defendido pelo pai como um novo “Ronaldo Fenômeno”!
  • Banco do Brasil? (TRABALHEI LÁ COMO ASSESSOR DA VICE-PRESIDÊNCIA DE TI!): uma fábrica de dossiês e de desvios para os sindicalistas comandados por Berzoini.
Os exemplos eram – e são – cansativos. ASSUSTADORES!
Eu fui às ruas – com MINHA FILHA! – transformando meu carro em CARRO DE SOM para eleger Lula, na primeira eleição… NUNCA precisei de Governos para ter o padrão de vida que sempre tive! Fazia por idealismo! Eu era mesmo um imbecil. Mas descobri que imbecilidade tem cura. FALTA DE CARÁTER NÃO!
 
NUNCA ANTES NESTE PAÍS tantos ladrões se disfarçaram tão bem! Como protetores do povo! Usando um Bolsa Família – que por ano é menos de 5% dos desvios apontados como CORRUPÇÃO pela AGU! – para dizer de uma mudança que não ocorreu.
 
À frente do projeto “ideológico” do PT estava (e está!) JOSÉ DIRCEU! Não viu quem não quis ver.
ACREDITEI na Justiça. Sempre acreditei nela. E hoje, me sinto aliviado. E posso, ao invés de responder “veremos!”, dizer ao escroto corrupto: VOCÊ SE FUDEU!
 
Roubos e empréstimos fraudulentos do PT: R$ 153.000.000,00
 
Poder chamar as coisa pelo nome: JOSÉ DIRCEU CORRUPTO CONDENADO: não tem preço!
 
E peço desculpas à minha filha – que pagou TODOS os preços que JAMAIS deveria pagar, em plena adolescência – pelas minhas opções. E dela nunca ouvi um queixume, uma crítica. Só apoio. Mas tenho certeza, ela sabe que VALEU.
 
À minha ex-esposa, que suportou a queda, o medo e a angústia. E que ainda hoje é companheira e amiga. E sempre me entendeu.
 
À minha atual companheira e namorada, desculpas por estes últimos meses de isolamento, reflexão e até mau-humor. Vou recuperar o tempo perdido…
 
A meus amigos, dos quais me isolei e afastei, espero que entendam.
 
Não estou feliz pela condenação de um ser humano. Mas exultante por ter acreditado, um dia a oito anos atrás, que haveria uma justiça para repor o que a arrogância, prepotência, corrupção e mentira insistiam em se fazer lugar comum no Brasil.
 
Aos meus médicos, por fim, obrigado! Pela paciência e pela insistência. Agora vou dar mais tempo a mim mesmo!
 
E ao Setti, desculpe o desabafo! Mais um. Será o último!


 

PT E MALUF: AMOR, ESTRANHO AMOR.

 
 
PT se cala sobre reaver verba desviada por Maluf
Folha de São Paulo
 
 
A decisão contra Paulo Maluf (PP-SP) em Jersey ocorre no momento em que o deputado federal negocia com o prefeito eleito pelo PT, Fernando Haddad, cargos na Prefeitura de São Paulo  - Justiça de Jersey considera Maluf culpado por desvio de US$ 22 milhões

 
Segundo sentença divulgada ontem, a Corte Real de Jersey, paraíso fiscal britânico, condenou empresas de Maluf e de seus familiares a devolver US$ 22 milhões (R$ 45,8 milhões) aos cofres da administração da cidade.

 
  Após a decisão da corte de Jersey,
petistas não quiseram falar publicamente sobre o assunto.


QUANTO MAIS PATIFARIAS APARECEM,
MAIS O PT MOSTRA O QUE É.
 

O bobo da corte




 Escrito por Ilimar Franco - ilimar@bsb.oglobo.com.br


O papel de Lula - A presidente Dilma chega ao fim da metade de seu mandato sem oposição, segundo um experiente político que integrou a base aliada dos governos Fernando Henrique e  Lula.
 
 
Esse quadro diz que o "ex-presidente Lula fica entretendo os adversários, que ficam brigando com ele, enquanto a presidente Dilma governa sem oposição". Os aecistas acham um "erro tático" a guerra contra Lula. 
 
***
  
Que não existe mais oposição em nosso país, já é mais do que sabido, só não podemos acreditar que seja pelo motivo alegado por um "experiente político".  Primeiro, por ser um experiente político, o que o torna indigno de credibilidade. 
 
 
E só mesmo os ingênuos -  ou algo parecido, parecidíssimo! - podem imaginar que L.I. tenha boas intenções em relação ao governo de sua sucessora. A não ser que pretenda 'limpar a área' (que deixou imunda e cheia de rombos) para se reeleger.   É muito mais provável que seja a forma de se manter em evidência; de manter seu peso em cima dos ombros dos outros e não ser esquecido. Não admitiria jamais ser deixado de lado.
 
 
Futuramente veremos quais serão os argumentos que o ex usará quando chegar a hora de dar um chute na Dilma.  Aliás, quem acredita que ele teve ótimas intenções ao não comparecer ao lançamento da chapa de Dilma pelo partido?  A não ser que o câncer tenha engolido a vaidade estufada desse megalômano.  Se um câncer fizesse isso, neste caso específico, ele é que correria um enorme risco.
 
 
MEGALOMANIA É MEU NOME,
diria o conhecido "bobo da corte".
 
 
 

PARABÉNS ANTECIPADOS



Aos homens e à nossa bandeira
 
 
 

Como lembrou o Ferra-Mula em seu blog (http://ferramula3.blogspot.com.br/), segunda-feira é dia de comemorarmos a nossa bandeira.


Mas não é só isso!
19 de novembro também é o Dia Internacional do HOMEM.
 
 
 


 

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Ajude sua família. Torne-se um cracudo..



CRACK: PREFEITURA PODE DAR AUXÍLIO A FAMÍLIAS
 - Idéia é permitir que menores continem tratamento -
 
 
 
RIO — Parentes de adolescentes viciados em crack que aceitarem cuidar dos jovens quando eles tiverem alta da internação compulsória poderão ganhar uma bolsa-auxílio da prefeitura. De acordo com o vice-prefeito Adilson Pires, o projeto está em estudo (é bom que  estudem bastante!) e prevê um benefício entre R$ 350 e R$ 900 — como noticiou nesta quinta-feira a coluna Informe do Dia, do jornal “O Dia” —, para que os familiares tenham condições de dar continuidade ao tratamento. Ainda segundo o vice-prefeito, grande parte dos 123 adolescentes atualmente internados nos abrigos do município perdeu o vínculo familiar e, quando receberem alta, não terão para onde ir. Por que será mesmo, heim? 

Ó dúvida cruel -, essa gente inconsequente da Prefeitura  ignora o que significa principalmente esse tipo de vício ou finge não perceber o risco que estão (e estamos) correndo de ver algumas famílias induzindo seus pimpolhos a se viciar.  Claro que é apenas imaginação, porque isso jamais ocorreria no nosso brasil varonil. 


 No entanto, poderíamos sugerir que essa gente tão boazinha da Prefeitura levem os viciados em crack que tiveram  internação compulsória  para suas casas.  Provavelmente não haveria aumento de crackudos e ainda dariam mais lucro às farmácias.





Quer aproveitar seu celular? Então vá preso!

 

Secretário diz que bloqueador em Bangu

não atrapalha vizinhança

O secretário de Justiça do Rio, Paulo Saboya, disse hoje que os bloqueadores de celular adquiridos pelo governo para o Presídio Bangu I têm abrangência limitada e só funcionam dentro do local. A informação surgiu a propósito de prejuízos que seriam causados aos moradores da localidade com a instalação do equipamento no estabelecimento penal.
 
Ele disse que a medida, ao contrário, agradou os moradores da região próxima ao presídio que disseram que conseguem falar nos celulares sem problema. O secretário de Justiça afirmou também que até o final do governo Benedita da Silva devem ser instalados bloqueadores de celulares nos presídios Bangu II, III e IV.
Os aparelhos devem estar em pleno funcionamento no dia 31 de dezembro. Os equipamentos implementados em Bangu I bloqueiam todas as freqüências de bandas A, B e C ou qualquer outra e também só funcionam dentro de um diâmetro de 500 metros, abrangendo apenas o presídio e não a área residencial do bairro. Por isso não existe a possibilidade de qualquer interrupção ou falha na comunicação dos celulares dos moradores, finalizou o secretário.
 
 
TUDO MUITO LINDINHO, PORÉM... ao conversar com pessoas que conhecem a realidade local, ficamos sabendo que os celulares funcionam, de fato, mas só dentro do presídio.   Os celulares dos moradores NÃO FUNCIONAM. 
 
 
 
 
 

Consertina neles! Artigo de Alberto Figueiredo

 
 
 
 
 
 
Discordo em gênero número e grau com os ilustres ministros (ilustres até agora, pode mudar bem rápido).


Plagiando vossas palavras: "Nós temos realmente um inferno nos presídios", dizem isto porque os senhores têm segurança especial paga por nós estes imbecis que vivem presos dentro de suas casas, gradeadas por medo de tê-las invadidas por algum desses rapazes ressocializados que os ilustres colegas de vossas excelências libertam mesmo sabendo que o sistema de ressocialização do Brasil faz exatamente o contrário.
 
 
No inferno vivem os homens e mulheres honrados desse país. Os ilustres senhores deveriam ter o mínimo de coerência ao fazer afirmações desse tipo. O povo brasileiro está passando por este massacre por falta de ações claras, objetivas e firmes de homens que recebem em um mês o que um brasileiro normal jamais receberá em vinte anos de vida.
 
Para mim, este brasileiro que difere de alguns outros por não aceitar a falta de caráter moral, honra e patriotismo de outros permitam que seus irmãos sejam aniquilados por ladrões, criminosos e escroques que os senhores conhecem, sabem, mas não tem a coragem necessária para evitar. Poder tem! Não fazem porque lhes falta dignidade.E como 70% dos brasileiros são tão safados como os homens que os dirigem aplaudem e se calam ante tanta safadeza este estado de coisa haverá de perdurar.


Um brasileiro, pernambucano de sessenta e dois anos de idade, escolaridade mediana, baixinho, mas que se fosse ministro do supremo, já teria nem que fosse debaixo de bordoada obrigado os demais a pedir intervenção.
 

Quantos mais precisarão morrer para que as faça alguma coisa concreta, estão esperando receber ordens?
 

Se assim for, rasguem de vez este livro que chamam de constituição e que os senhores juraram defender, se brasileiros estão morrendo por erros existentes nela que se passe por cima, Uma constituição que não dá as autoridades direito de defender os cidadãos de bem da nação não merece ser obedecida.  
 


Se, dizer a verdade "neze paiz" tão acostumado a mentiras e falsidades der cadeia, procurando evitar que outro cidadão ou cidadã seja prejudicado, basta enviar um email: Apresente-se a delegacia de polícia mais próxima, assim será feito, mesmo sabendo ser injusto, pois se Lula permitiu que seus lacaios roubando promovessem a morte de milhões de brasileiros por falta de segurança, atendimento de saúde entre tantas outras continua solto, porque apenas por dizer o que os senhores não querem ouvir eu serei?
 

Mas que seja feita a vontade dos honrados homens guardiões da constituição.
 

Alberto José Cavalcanti Bastos de Figueiredo
RG: 858.428 - SSP / PE
Cabo de Santo Agostinho - Pernambuco
 
 
REPAREM, PRINCIPALMENTE OS CARIOCAS, QUE É CADA VEZ MAIOR O NÚMERO DE RESIDÊNCIAS ONDE SÃO COLOCADAS NÃO APENAS GRADES NAS PORTAS E JANELAS, MAS TAMBÉM CONSERTINAS NOS MUROS, UM ARAME FARPADO HORROROSO, DE PÉSSIMO GOSTO, CARACTERÍSTICO DOS PRESÍDIOS. ENTÃO, QUE OS  mandatários DA NOSSA NAÇÃO  NOS RESPONDAM:  Quem são os verdadeiros presidiários? Nós ou os ladrões?


 
 
 
 

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

A "casa" de Lula já começou a cair no exterior..​.

Fantástica repercussão que é desdobramento do julgamento do mensalão pelo STF. Ele neutraliza, em boa medida, os efeitos da compra de jornalistas e agências no exterior, realizada pela máquina de propaganda à custa de milhões e milhões de dólares de dinheiro público. No exterior ele já está desmascarado, mas aqui só continuam acreditando na quadrilha petista os desinformados, os ignorantes, os aproveitadores e os mal intencionados.
 
UM DIA A VERDADE APARECE...   
OS PRINCIPAIS JORNAIS DO PAÍSES MAIS CIVILIZADOS DO MUNDO TAMBÉM SÃO UNÂNIMES EM DECLARAR QUE O JULGAMENTO DO MENSALÃO É O MAIOR DO SÉCULO NO BRASIL, TODOS OS BRASILEIROS DEVEM REPUDIAR ESSE GOVERNO, PORQUE SABEMOS QUE O MENSALÃO É APENAS A PONTA DO ICEBERG...
 
Abaixo, a  imagem brasileira no exterior, proporcionada pelo "doutor horroriz causa".  (Só se for "cara de pau").

O diário britânico 'The Guardian', em reportagem que cita 'julgamento do século' sobre corrupção no Brasil, destaca foto do ex-ministro José Dirceu, um dos 38 réus (Foto: Reprodução)
O americano 'Chicago Tribune' destaca o julgamento que pode comprometer o legado do ex-presidente Lula                                 
 (Foto: Reprodução)

BBC destacou início do julgamento em sua página principal
(Foto: Reprodução)
A emissora norte-americana "CBS" aponta que o julgamento, que tem como acusados membros do partido no poder, é um sinal positivo em um país onde o serviço público sempre foi marcado por corrupção e uma certa impunidade. Rede CBS aponta que o julgamento é um sinal positivo para o Brasil (Foto: Reprodução)
A rede norte-americana "Bloomberg" abre sua reportagem sobre o julgamento questionando se uma das figuras políticas mais poderosas do Brasil pode acabar presa, referindo-se a José Dirceu.

A rede norte-americana Bloomberg abre sua reportagem falando de José Dirceu (Foto: Reprodução)
O argentino La Nación chamou o caso de ‘julgamento do século’ e ressalta o fato de o mensalão ter ocorrido no primeiro mandato do ex-presidente Lula. O texto também aponta que o mensalão foi “um gigantesco esquema de compra de apoio político com fundos públicos, que envolveu vários altos funcionários do Partido dos Trabalhadores (PT) e afetou o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.”

O argentino ‘La Nación’ chamou o caso de ‘julgamento do século’ e ressalta o fato de o mensalão ter ocorrido no primeiro mandato do ex-presidente Lula (Foto: Reprodução)
O jornal La Nacióndo Paraguai apresenta uma foto de Lula na reportagem e destaca que entre os réus estão ex-ministros, ex-deputados, empresários e banqueiros. O jornal também aponta que Lula não figura entre os acusados, conseguiu ser reeleito mesmo após o escândalo e sempre negou ter conhecimento do esquema.

O jornal ‘La Nación’ do Paraguai apresenta uma foto de Lula na reportagem e destaca que entre os réus estão ex-ministros, ex-deputados, empresários e banqueiros (Foto: Reprodução)
O espanhol ‘ABC’ deu destaque para uma foto de Lula e diz que o mensalão é o maior escândalo da história brasileira, sem precedentes. A publicação também aponta que o julgamento deve durar um mês e que José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil, está entre os acusados.

O espanhol ‘ABC’ deu destaque para uma foto de Lula e diz que o mensalão é o maior escândalo da história brasileira (Foto: Reprodução)
A agência italiana ‘Ansa’ destaca que o mensalão ocorreu na era Lula e que consistia no pagamento mensal de dinheiro para alguns deputados da oposição para que eles aprovassem projetos. O jornal também destaca que José Dirceu é um dos acusados.

A agência italiana ‘Ansa’ destaca que o mensalão ocorreu na era Lula

 
 
DIGA NÃO AO PT!!!! DEPOIS QUE O PT ASSUMIU, DITATORIALMENTE, O PODER, O PAÍS CRESCEU....... EM VIOLÊNCIA, CORRUPÇÃO, LAVAGEM DE DINHEIRO, FRAUDES NAS ELEIÇÕES, DESEMPREGO, HOMICÍDIOS, MORTALIDADE INFANTIL, ANALFABETISMO, TRÁFICO DE DROGAS ETC ETC.
 
   
Repasse essa informação, que ainda não chegou a muitos eleitores

 

Agradecimentos



 
 
Em que lugar estará esse 'agradecimento' ?
 
 
 

Fim dos presídios e à restrição à liberdade.


 
 
Os presídios brasileiros, como disseram os juízes do STF, são um verdadeiro terror. Também... só faltava colocar em um suntuoso SPA os bandidos da Nação, mas isso já é outra história.
 
 
O caso é que, além de certamente desviarem o dinheiro destinado aos presídios, porque isso já se tornou um hábito praticamente obrigatório, seria até ridículo oferecer à bandidagem  um local prazeroso para que vivessem, justamente em um país onde quem trabalha por baixo salário se submete a viver bem mal.  Sem esquecer que  os pobres brasileiros  vivem mal mas ajudam políticos e juízes a viver mais do que bem  (e ainda acham ser correto!).
Com a quantidade cada vez maior de meliantes, veremos nossos presídios mais lotados a cada dia que passa.  Fica, então, a sugestão de acordo com a opinião de Gilmar Mendes ao criticar a prisão por restringir a liberdade: Demos a todos os bandidos grande liberdade, colocando-os, com a ajuda de um helicóptero, no meio da Mata Atlantica, por exemplo.


AS ONÇAS QUE SE CUIDEM!

 


Morram ou sejam honestos para sempre

 
 
Por estarem  julgando ladrões engravatados, como é o caso do MENSALÃO, descobriram (Oooooooh!!!)  o que se sabe há  saecula saeculorum: nem as  baratas cascudas suportariam a vida nos presídios brasileiros. 
 
Ao afastar a possibilidade de nossos imundos presídios servirem como escola de comportamento, podemos, então, dar um conselho: evitem fazer o que os levaria para lá, já que não podem esperar que seu caráter os garanta.
 


"Nós temos realmente um inferno nos presídios" - frase de Gilmar Mendes, ministro do STF, ao concordar com outro ministro, Dias Toffoli.

 

 
 Ao "descobrirem", enfim, o horror dos presídios brasileiros, os ministros que pagamos para trabalhar no STF criticaram as condições dos presídios nacionais.  Como são horrendos - o que não sabiam até agora, ou se sabiam não importava a eles - os ministros pagos por nós para trabalhar no STF resolveram que o ideal seria aplicar multas ao invés de manter presos os MENSALEIROS.    
 
 
 "Estou aqui a justificar, senhor presidente, as razões pelas quais eu tenho,
no que diz respeito às penas restritivas de liberdade,
uma visão sem medo de dizer o que eu penso, mais liberal.
 
 
"Prisão restritiva de liberdade combina com o período medieval",
 Gilmar Mendes
 
 
Em suma,  NOSSOS magistrados passaram a debater sobre a importância de cobrar multa dos MENSALEIROS ao invés de colocá-lo atrás das grades.
 
 
Ora, bolas!  Então que roubem galinhas!
Ou dêem a eles um revólver para que possam se suicidar.
("preferia morrer", ministro da Justiça José Eduardo Cardozo)
 
 
 
 

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Zé e as Forças Armadas

 
Por ser advogado, José Dirceu terá sala especial sem grades
Estadão Conteúdo
Redação Folha Vitória 
 
    De acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo 
Até que a sentença contra José Dirceu não tenha mais nenhum tipo de recurso, até que se torne definitiva (transite em julgado, em termos advoguês), ele poderá desfrutar de uma condição reservada aos advogados e permanecer em sala de Estado Maior. É o que prevê expressamente o artigo 7.º da Lei 8.906/94 (Estatuto da Advocacia e Ordem dos Advogados do Brasil).

José Dirceu é advogado, formado em  1987. 
 A sala de Estado Maior, em que deverá ficar,  pertence a uma corporação militar, normalmente um quartel da PM que aloja bachareis condenados. Não é cela especial. Trata-se de uma sala sem grade.

O inciso V desse dispositivo impõe que enquanto o decreto de prisão for provisório o advogado terá direito a sala, "com instalações e comodidades condignas" (?)   Caso na cidade onde mora o réu  não exista esse ambiente, o juiz da Comarca pode transformar a prisão em regime domiciliar até que o STF baixe o trânsito em julgado - quando será transferido inapelavelmente para prisão em regime fechado. Com a sentença em definitivo, mesmo advogado, Dirceu não mais terá direito àquela sala especial.



Dirceu ficou surpreso  com a decisão sobre seu julgamento, pois tinha certeza de que a Corte aplicaria a dosimetria daqui a algumas semanas.  Revelou, então, inconformismo. O que o angustia mais é o futuro - com 66 anos, relatam amigos, ele tem consciência de que mesmo que obtenha progressão rápida de regime prisional será difícil recuperar o rumo.
  
 
Agora veremos como se comporta um verdadeiro socialista,
um comunista que exige que todos sejam tratados de maneira igual. 
J.DIRCEU deve abrir mão de um direito especial
e se barafunhar nas presidiárias em que enfurnam os brasileiros.
 
 
Aí, sim.
José Dirceu provará ser um verdadeiro comunista.
Do contrário mostrará como é fácil ser comunista com o esforço alheio.
 
 
 
 

O crack e a imagina$$ão


Polícia usará arma de choque contra viciados em crack
MARCO ANTÔNIO MARTINS - DO RIO
 
 
As polícias do Brasil terão armas de choque e spray de pimenta para conter dependentes de crack. A distribuição desses dispositivos é uma das ações previstas no programa "Crack, é possível vencer", do Ministério da Justiça.
 
 
" ...policiais tenham opções menos letais, principalmente para situações em que existem aglomerados de pessoas". 
 
 
Além de armas, o programa prevê treinamento de policiais e a compra de câmeras para monitorar cracolândias;  200 policiais serão treinados no Rio de Janeiro; haverá 250 armas de choque e 750 sprays de pimenta;  " ... as armas "serão usadas apenas em caso de extrema necessidade por agentes policiais" ; "não há "qualquer estratégia repressiva de tratamento de choque para usuários".
 
 
Os 150 homens da Força Nacional que desde maio ocupam o morro do Santo Amaro, zona sul, já usam armas de choque em ações contra viciados.

 
12 Estados estão no programa federal
Custo da "imaginação" - R$ 62 milhões em recursos.
 
 
***

Viciados em alguma substância de um modo geral e principalmente em crack  até podem  "levar"  o Estado a  investir em sua defesa.   Porém, seria muita imaginação acreditar-se como defensor dos crackudos.
 
 
Para começar, será mais uma quantia a ser desviada como são todas as outras em nosso país.  Fora isso, é um fato  que nos faz lembrar um caso ocorrido há algum tempo atrás:
 
 
Houve uma vez em que um trabalhador de nossa empresa foi internado durante um ano inteiro para se tratar de  sua condição de alcóolatra. Durante todo o  ano, a empresa pagou seu tratamento, até que  ele, "novinho em folha", voltou a trabalhar.   Alguns meses depois, da mesma forma que ele voltou ao trabalho, voltou ao alcoolismo.  Imaginem como se comportaria um viciado em crack!
 
 
Quem passar por alguns (muitos) trechos da cidade do Rio de Janeiro, verá a situação em que se encontram diversos trechos dominados pelo crack. São centenas ou milhares de crackudos que tomaram conta de ruas, inclusive da Avenida Brasil.  Tomar conta de rua não é apenas um simbolismo, pois os crackudos passaram a se espalhar em bando e a estender lonas à sua volta para que possam se viciar bem à vontade, tornando deles aquela área.
 
 
Assustados com a invasão de usuários de crack, operários do canteiro de obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em Manguinhos estão abandonando o trabalho. Encurralados entre viciados e traficantes que circulam pelo local ostentando fuzis e pistolas, pelo menos 150 trabalhadores pedem as contas todo mês. De acordo com a empreiteira EIT (Empresa Industrial Técnica) — contratada para realizar a obra —, o medo e a falta de segurança são os principais motivos usados para justificar a debandada. http://ricardo-gama.blogspot.com.br/2011/09/rio-pacificado-cracolandia-afasta-mao.html

Afinal, será "imaginação ou imagina$$ão"? 
Ou será apenas mais uma tapeação (*)?
 

(*) Aparentemente a tapeação não parte dos policiais que batalham no ramo, mas do governo, seja ele qual for, que pretende se fazer de defensor dos fracos e oprimidos.  
 
 
 
 

 

terça-feira, 13 de novembro de 2012

A QUARTA CÓPIA

 

por Ricardo Noblat

Dá-se a prudência como característica marcante dos mineiros.
 
Teria a ver, segundo os estudiosos, com a paisagem das cidadezinhas de horizonte limitado, os depósitos de ouro e de pedras preciosas explorados no passado até se esgotarem, e a cultura do segredo e da desconfiança daí decorrente.
 
Não foi a imprudência que afundou a vida de Marcos Valério. Foi Roberto Jefferson mesmo ao detonar o mensalão.
 
Uma vez convencido de que o futuro escapara definivamente ao seu controle, Valério cuidou de evitar que ele se tornasse trágico.
 
Pensou no risco de ser morto. Não foi morto outro arrecadador de recursos para o PT, o ex-prefeito Celso Daniel, de Santo André?
 
Pensou na situação de desamparo em que ficariam a mulher e dois filhos caso fosse obrigado a passar uma larga temporada na cadeia. E aí teve uma ideia.

Ainda no segundo semestre de 2005, quando Lula até então insistia com a lorota de que mensalão era Caixa 2, Valério contratou um experiente profissional de televisão para gravar um vídeo.
 
Poderia, ele mesmo, ter produzido um vídeo caseiro. De princípio, o que importava era o conteúdo. Mas não quis nada amador.
 
Os publicitários de primeira linha detestam improvisar. Valério pagou caro pelo vídeo do qual fez quatro cópias, e apenas quatro.
 
Guardou três em cofres de bancos. A quarta mandou para uma das estrelas do esquema do mensalão, réu do processo agora julgado pelo Supremo Tribunal Federal.
 
Renilda, a mulher dele, sabe o que fazer com as três cópias. Se Valério for encontrado morto em circunstâncias suspeitas ou se ele desaparecer sem dar notícias durante 24 horas, Renilda sacará dos bancos as três cópias do vídeo e as remeterá aos jornais O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e O Globo. (Sorry, VEJA!)
 
O que Valério conta no vídeo seria capaz de derrubar o governo Lula se ele ainda existisse, atesta um amigo íntimo do dono da quarta cópia.
 
Na ausência de governo a ser deposto, o vídeo destruiria reputações aclamadas e jogaria uma tonelada de lama na imagem da Era Lula. Lama que petrifica rapidinho.
 
A fina astúcia de Valério está no fato de ele ter encaminhado uma cópia do vídeo para quem mais se interessaria por seu conteúdo. Assim ficou provado que não blefava.
 
Daí para frente, sempre que precisou de ajuda ou consolo, foi socorrido por um emissário do PT. Na edição mais recente da VEJA, Valério identifica o emissário: Paulo Okamotto. Uma espécie de tesoureiro informal da família Lula da Silva, Okamotto é ligado ao ex-presidente há mais de 30 anos.
 
No fim de 2005, um senador do PT foi recebido por Lula em seu gabinete no Palácio do Planalto. Estivera com Valério antes. E Valério, endividado, queria dinheiro. Ameaçava espalhar o que sabia.
 
Lula observou em silêncio a paisagem recortada por uma das paredes envidraçadas do seu gabinete. Depois perguntou: "Você falou sobre isso com Okamotto?"
 
O senador respondeu que não. E Lula mais não disse e nem lhe foi perguntado. Acionado, Okamotto cumpriu com o seu dever. Pulou-se outra fogueira. Foram muitas as fogueiras. Uma delas foi particularmente dramática.
 
Preso duas vezes, Valério sofreu certo tipo de violência física que o fez confidenciar a amigos que nunca, nunca mais voltará à prisão. Prefere a morte. 
 
Valério acreditou que o prestígio de Lula seria suficiente para postergar ao máximo o julgamento do processo do mensalão, garantindo com isso a prescrição de alguns crimes denunciados pela Procuradoria Geral da República.
 
Uma eventual condenação dele seria mais do que plausível. Mas cadeia? E por muito tempo? Impensável!
 
Pois bem: o impensável está se materializando. E Valério está no limiar do desespero.