Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos,
porque a história de nossos políticos
pode causar deficiência moral irreversível.

É a vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida pública.


terça-feira, 18 de junho de 2013

EM PROL DO CONSERVADORISMO

 
 
 
CONSERVADORISMO é um termo usado para descrever posições político-filosóficas, alinhadas com o tradicionalismo e a transformação gradual, que em geral se contrapõem a mudanças abruptas (cuja expressão máxima é o conceito de revolução) de determinado marco econômico e político-institucional ou no sistema de crenças, usos e costumes de uma sociedade
 
Em termos históricos, o conservadorismo apareceu como doutrina.  Para os conservadores, o indivíduo só existe plenamente integrado numa sociedade e numa tradição.
 
 
Sendo  visto como uma posição político-filosófica, o conservadorismo deixa de  ser vergonhoso e  passa a ser um direito indiscutível  de todos, pois todos nós podemos escolher a posição que considerarmos mais adequada. 
 
 
Seja o conservadorismo mais ou menos legítimo,
mais ou menos moderno ou modernoso,
isso não importa, pois as
 
NOSSAS IDÉIAS SÃO NOSSAS E 
NINGUÉM TEM O DIREITO DE  NOS CALAR.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opinião dos leitores