Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos,
porque a história de nossos políticos
pode causar deficiência moral irreversível.

É a vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida pública.


quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Suplicy, um ator canastrão

***

Eduardo Suplicy é um ator canastrão que encena o personagem de político decente há trinta anos. Sempre que as falcatruas de seus colegas são exibidas, ele vai para o camarim, faz sua maquilagem e corre para a tribuna exigir explicações de tudo aquilo com que convive e finge ignorar durante todo este tempo. ***

***
Suplicy sente prazer em transformar o Senado num palco. Ontem, por exemplo, foi à frente do plenário com um cartão vermelho na mão e pediu a saída do mesmo José Sarney com quem havia conversado amistosamente pouco antes. Naquele momento Suplicy atuava como árbitro de futebol.
*** ******
O papel de um falso humorista talvez tenha sido sua pior apresentação. Numa cena deprimente, Eduardo Suplicy faz chacota com a vida dos meliantes. Ao invés de tratar o assunto com seriedade prefere fazer palhaçada ao ler a letra da música do grupo Racionais MC's, levando os outros senadores às gargalhadas às custas da desgraça alheia. Para conferir ou recordar é só clicar em http://www.youtube.com/watch?v=SBtKAlfo0bo. Esta cena mostra para o que serve aquela gentalha debochada em Brasília. Uma gente imoral, estúpida.
***
*** Além de trabalhar como ator canastrão, Suplicy também insiste em cantar... e mal, muito mal. Mas nada é pior que seu desempenho como senador sério e respeitável.
***
Para quem quiser ouvir o canastrão cantar:
*** *** ***
***
***

21 comentários:

  1. Pois é!

    Eu assisti a essa encenação nos telejornais.

    Desde que "me conheço por gente" Suplicy faz jogo de cena. E além de ser um (péssimo) ator e (também péssimo) cantor é um fracasso como dançarino, pois dança conforme a música. Ou seja, age de acordo com o que é conveniente para ele.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Se ele não se reeleger, a Rede TV !
    arranja uma boquinha no programa dos filhos dele.

    Em vez de Brothers, o programa passará a se chamar A Hora do Suplicio com o Trio Suplicio. eheheheh!!!! Hare baba!!!

    ResponderExcluir
  3. Valdeir, parabéns !!!

    O desfecho de seu comentário com a frase " é um fracasso como dançarino, pois dança conforme a música." - ou seja, péssimo ator, péssimo cantor, péssimo dançarino - é perfeito!!!


    Ju

    ResponderExcluir
  4. Ferra Mula, vocês hoje estão muito afiados: "A Hora do Suplicio com o Trio Suplicio." .

    Gente, se este é o efeito do descontentamento, temos que admitir que até nessa barbaridade toda que está aí, sai alguma coisa de bom.

    Um abração, Ju

    ResponderExcluir
  5. Cara Jurema,

    Nota-se que pessoas míopes como você são as que elegem os maus políticos que povoam Brasília. Os poucos que tentam um pouco de atitude contra uma tropa de choque instaurada recebem esse tipo de crítica.

    Acho que o Senador Suplicy deu um show ontem ao romper as barreiras de orientação de seu próprio partido e dizer o que estava em seu coração. Pena que existem pessoas frias e que não conseguem enxergar sinceridade. Pena mesmo...

    ResponderExcluir
  6. Fernanda,

    Você tem que rever o conceito da palavra "frieza".

    E será que míope somos nós ou você? Por um acaso não percebeu com seus próprios olhos que há anos Suplicy faz um discurso contrariando os colegas de partido, mas não sai do PT?

    Ele "romperia as barreiras da orientação do próprio partido", se saísse do PT, como fizeram vários colegas dele, que não se corromperam e deixaram o partido que tem belos discursos, mas na prática tem péssimas atitudes.

    ResponderExcluir
  7. Jurema,

    Quero parabenizá-la pela forma democrática com que trata seus leitores. Digo isto por ter permitido o comentário da colega acima, mesmo contrário aos seus pontos de vista.

    Outro dia tentei postar um comentário em outro blog, seguindo a mesma linha de raciocínio, e não tive nem meu comentário publicado.

    É uma pena. Parece que devemos escrever apenas o que as pessoas querem ler.

    Abraços e parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  8. PÔ JU, TU ESTAS TIRANDO NÉ, TUDO BEM QUE ESTE SUPLICANTE SEJA UM CANASTRÃO, CONCORDO, MAS USAR AS CORES DO MEU TIMÃO = BAGÉ FC = CAMPIÃO MUNDIAL DE VÁRZEA, PARA ILUSTRAR A IMAGEM ACIMA, PÔ JU, DAÍ É DE +++++++++, RSRSRSRSRS, PRIMERO ME MANDAS PIADAS DA TERRINHA, ATÉ AI TUDO BEM,MAS POR AS CORES DE MEU TIMÃO NESTE CARA, AJA CORAÇÃO, rsrsrsrsrsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
  9. Olá Ju, tudo bem,
    Nós estamos tendo a maior oportunidade de limpar o Congresso Nacional, desses crápulas o Senado nós só podemos eliminar uma parte mas na Câmara, nós podemos eliminar cem por cento.
    Vamos convocar todos os Blogueiros a começar uma campanha, para limpar o Congresso Nacional, intitulada "O CANDIDATO ESTÁ CONCORRENDO A REELEIÇÃO? NÃO VOTE."
    O meu blog é http://blig.ig.com.br/jgrsmaia
    Não esqueça que nós temos uma grande arma nas nossas mãos, que é a internet. Podemos usar depoimento no YouTube, cada um coloca o seu.

    ResponderExcluir
  10. Fernanda,

    Você viu o vídeo? A atitude de Suplicy foi imperdoável. Mais que a dos outros, porque foi ele quem comandou o deboche. Aliás, para saber 'quem é quem', basta notar o comportamento do Jefferson Peres. Quando ouve as gargalhadas, ele olha para trás como se quisesse ver de onde partia aquilo. Depois vira para a frente e demonstra insatisfação
    durante todo o tempo.

    Quanto à minha frieza, tenho que concordar com você. Minha revolta com o vídeo que desmoraliza todos eles - principalmente Eduardo Suplicy - não é por respeito aos meliantes de qualquer idade. Deles não tenho pena alguma, muito pelo contrário. Minha revolta é pelo significado daquele deboche. Pelo desprezo que essa gente pequena nem procura disfarçar.


    Duas historinhas que mostram quem é Eduardo Suplicy:

    No livro "Já Vi Esse Filme", de Luiz Maklouf Carvalho (*), Capítulo PT Encobre Corrupção de Deputado - página 111, há um trecho que narra um fato antigo, mas que não merece ser ignorado :

    "No mesmo documento, Moraes (Ricardo Moraes - PT/AM, que acabou expulso do partido) acusa a ministra Luiza Erundina e o senador Eduardo Suplicy de terem pedido empréstimos semelhantes ao Sindicato dos Bancários de São Paulo. A ministra e o senador negam as acusações. "Eu jamais faria isso, porque é um procedimento ilegal e inadequado, disse Suplicy."

    Nota: 1 - Só bancários teriam direito a esse empréstimo. 2 - o livro não foi contestado nem o autor processado por acusações mentirosas.

    Mais uma:

    Suplicy defende abertamente a reintegração de Delúblio Soares ao PT (O Globo de hoje, pág. 2)

    Fernanda, Suplicy não pode ter descoberto e se indignado com tramóias antigas só agora tenha. Tanto ele quanto outros, como Pedro Simon.

    Além disso, não seria necessário fazer essa presepada de sacudir cartão vermelho como se fosse árbitro de futebol. O cargo que ocupa deveria ser coisa séria.

    Um abração, Ju

    ResponderExcluir
  11. jcgmartins.

    Idéias diferentes ou debate nos comentários deixam o blog mais dinâmico. É bom ler opiniões contrárias, como foi no caso do texto a favor da liberação da maconha, por um motivo simplesmente egoísta: é viciado, que se exploda. Mas alguns de vocês apresentaram argumentos contrários, e me fizeram repensar no assunto.

    O caso da Marina Silva é outro, como comentei no texto abaixo. Quem não está disposto a repensar suas opiniões está perdido. E o blog fica uma chatice.

    Um abração, Ju

    ResponderExcluir
  12. Ô Luíz Carlos, que seu timão me perdoe. E você também.

    Para consertar o estrago, mudei a roupa do árbitro (e aproveitei para mudar o rosto que parecia um tanto cadavérico por outro). Só espero que não haja algum time com a nova cor.


    Um abração, Ju


    Obs.:Está mal feita colocação do rosto, mas vale é a intenção.

    ResponderExcluir
  13. João Guilherme, domingo é dia do Samba no Sitio, onde vai um monte de gente. Embora todos só tenham interesse por samba e cerveja, vou panfletar pela renovação das caras do Congresso, como se fosse uma 'brincadeirinha', senão não funciona.

    Pobre do Tony, que morre de vergonha nestas situações, mas tudo por uma boa causa.

    Um abraço, Ju

    ResponderExcluir
  14. Há selos em reconhecimento ao seu trabalho no Blog Pedro da Veiga.

    ResponderExcluir
  15. Pedro, deixei um recado para você no seu blog.

    Ju

    ResponderExcluir
  16. Off Topic

    Em conjunto com o Blog o Mundo by Thaís, estamos lançando uma campanha de protesto virtual para o período de 07 a 20 de setembro.

    Gostaríamos muito de contar com a sua participação e a dos seguidores de seu blog.

    Esta é uma campanha de todos os brasileiros patriotas e não de um ou outro blog.

    A campanha é de todos nós que queremos um país melhor para nossos filhos e netos.

    Detalhes em http://omundobythais.blogspot.com/ ou http://brasillivreedemocrata.blogspot.com/

    Divulgue esta idéia.

    O Brasil mais do que nunca precisa de você!

    ResponderExcluir
  17. OLÁ.
    Preciso do endereço do seu blog para colocar um link no meu blog.
    www.betocritica.blogspot.com
    abraços.

    ResponderExcluir
  18. Beto, o endereço é o que aparece lá em cima (http://puteiro-nacional.blogspot.com/). E sirva-se à vontade.

    Ju

    ResponderExcluir
  19. Obrigado. vou colocar um link para o seu blog.
    www.betocritica.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Chiste, ldiz:
    Jú o puteiro escancarou as porteiras
    e perdaram a vergonha de vez:

    Senado paga R$ 5 milhões em horas extras em julho

    Até bem pouco o melhor emprego do mundo era o de massagista da Gisele Bündchen. Não é mais.

    Hoje, nada supera em prazer o ofício de servidor do Senado. No recesso de janeiro, a Casa pagara R$ 6,2 milhões em horas-extras.

    Houve espanto, assombro, estupefação. Descobre-se agora que o tônico financeiro foi servido também no recesso de julho.

    Num mês em que “funcionou” por escassos 17 dias, o Senado enfiou no contracheque de seus servidores R$ 5,036 milhões em horas extras.

    Em nota, a Diretoria Geral do Senado diz que, em maio, foram reforçados os controles. Imagine-se se continuassem frouxos!

    Se houve “incorreções”, diz o texto, os servidores terão de ressarcir as arcas do Senado em setembro. Será?

    Escrito por Josias de Souza às 19h31

    ResponderExcluir
  21. O senado Suplicy, assim como a sua prole, não tem talento algum para contor nem para ator, mas têm algo em comum: adoram as câmeras.

    ResponderExcluir

Opinião dos leitores