Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos,
porque a história de nossos políticos
pode causar deficiência moral irreversível.

É a vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida pública.


terça-feira, 14 de julho de 2009

Entrevista com a Luzia, que trabalha aqui em casa

video

***

***Luzia, que trabalha comigo há mais de dez anos, diz como sua mãe foi atendida num hospital público.**

***

Após seis anos de governo populista, que nada fez para melhorar o atendimento médico, o Ministro Temporão apresenta um projeto para criar fundações estatais e modenizar os hospitais do SUS. A CUT, que se diz defensora dos trabalhadores, pressiona o governo para que a proposta não seja feita, sob a alegação de que seria apenas uma proposta neoliberal. Aliás, esta palavra é sempre usada pelos que se dizem "socialistas" ou "intelectuais" com a intenção de constranger quem ainda se sente culpado por não simpatizar com medidas assistencialistas, como se isso fosse possível apenas a pessoas de péssima índole. Feliz será o dia em que alguém disser bem alto no meio de outros: SOU NEOLIBERAL, SIM, E DAÍ?

***

Motivos para os sindicalistas não aceitarem a modernização pretendida por Temporão: a fundação estatal daria liberdade aos gestores para contratar funcionários pela CLT, cobraria melhor desempenho e poderia demitir fucionários por mau desempenho. Os sindicalistas se revoltam justamente com o que levaria estes funcionários a darem melhor atendimento médico: o medo de perder o emprego, apenas isso, pois preocupação com o cidadão não existe.

***

Resta saber o verdadeiro significado de tal modernização, que certamente não vai resolver o problema dos brasileiros, pois só isso não basta. O governo deveria investir todo esse dinheiro desperdiçado com a abertura de mais hospitais públicos e a contratação de mais médicos com melhores salários.

*** Será que o brasileiro sem tratamento médico

aprova, mesmo, o governo de Luís Inácio?

***
***

5 comentários:

  1. Jú se o brasileiro do SUS tivesse atendimento médico decente, a SINISTRA não teria ido dar com o costado no Sírio Libanês....
    E o povo vai morrendo à míngua enquanto o Batráquio Sebento continua vendendo ilusões....

    Meu pai teve um mal súbito em Bertioga, litoral de SP, foi atendido de eme^rgência no PS de lá e depois trazido à Santos, onde foi constatado uma "tuberculose", foi levado para o isolamento de um hospital público (Guilherme Alvaro) pois, em caso de tuberculose é o estado quem cuida...
    Após 48 dias de indas e vindas ele falece de PNEUMONIA!!!
    Fizeram o diagnóstico errado, trataram a doneça errada e levaram ele à óbito...o processo está correndo há 8 anos e nunca dá em nada....
    Esse é o Brasil...

    ResponderExcluir
  2. Fernando

    Você sofreu na pele como estes governantes cometeram um assassinato. Mataram o seu pai sem dó nem piedade.

    Digo assassinato porque o desvio de verbas públicas para sustentar esta corja provoca a morte de pessoas inocentes. Isto é crime, é assassinato. 30 anos de cadeia é pouco.

    Todos nós temos histórias do mal atendimento do SUS. Todos nós contribuímos para o SUS e ainda temos que pagar uma medicina privada por fora se não quisermos ser assassinado também.

    O SUS está quase perfeito, como diz Lula, mas ele e seus comparsas se tratam no Sírio Libanês.

    O PT e seus aliados não são só uma quadrilha de ladrões. São uma quadrilha de assassinos.

    ResponderExcluir
  3. PASSEATA VIRTUAL #FORASARNEY
    Quarta-feira, dia 15, das 15h às 16h horas.

    Local: Na internet.

    Ponto de partida: Seu computador, telefone celular, PDA, qualquer aparelho que possa enviar uma mensagem de e-mail, SMS, Twitter, etc

    Ponto de chegada: Congresso Nacional

    Sarney: sarney@senador.gov.br

    Senadores: e-mails aqui ou aqui para enviar a todos os senadores

    Como vai funcionar: Na quarta-feira no intervalo das 15h às 16h horas, você que tem um blog, site, Twitter, celular, etc, deverá estampar um “banner” ou selo com a mensagem “#forasarney” e enviar o máximo de mensagens ao Senado.

    Clique e envie e-mail aos senadores!
    As informações fora repassadas para este Blog pela atuante Gusta do Reaja Brasil.
    Valeu, Gusta
    ----------------------
    Maiores informações,
    aqui. Blog #forasarney .

    ResponderExcluir
  4. Fernando e Laguardia,


    Fico imaginando como pode esse sujeito ainda ter a popularidade que dizem ter.

    Este é mais dos motivos para acreditar que as pesquisas - que são encomendadas pelos interessados - servem principalmente para manipular a opinião de gente sem noção do que ocorre e se deixa influenciar pela 'opinião da maioria."

    ResponderExcluir
  5. Jurema,
    eu queria muito compreender como funciona a cabeça do pessoal do andar de baixo, que dá 84% de aprovação ao nosso presidente.
    Moro e trabalho numa zona, digamos, limítrofe entre classes B/C e D/E. Ou seja, em bom português, do lado de cá da rua, é classe média e do lado de lá é favela.
    Tenho moradores do lado de lá trabalhando para mim, com salário compatível, plano de saúde, cesta básica.
    Contrapartida do poder público: precisa de assistencia médica? tem que fazer fila a partir das 2 da manhã.
    Escola? ou é greve ou não tem professor ou a quadrilha local quebrou tudo e polícia, nem pensar.
    É pobre assaltando miserável por uns míseros trocados.
    Rua calçada? o eterno vereador coloca dois caminhões de barro um mês antes das eleições e depois não se fala mais nisso.
    Você paga seus impostos religiosamente,por que senão vai parar na Justiça.
    E essa turma sofrida, expoliada, sem futuro, aprova em 84% o governo daquela pústula? Como é que pode.
    Moro em Olinda e o prefeito é irmão daquele santo Renan Calheiros.
    Oposição zero, que não tem coisa melhor do que ficar pendurado no saco escrotal do prefeito.
    É fo.... ou não é?

    ResponderExcluir

Opinião dos leitores