Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos,
porque a história de nossos políticos
pode causar deficiência moral irreversível.

É a vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida pública.


quarta-feira, 15 de julho de 2009

Lula - love store, como nos filmes de Hollywood

*
***
******

***

No início deste vídeo, Alborghetti pergunta:
Afinal, quem é quem, Lula ou Collor?
***
Nele, ouvimos Luís Inácio dizer que Collor construiu uma quadrilha, pela ganância e pela vontade de roubar e espera que, no futuro, as pessoas saibam escolher candidatos com passado político decente. No entanto, em mais uma demonstração de falsidade, interesses escusos e mentiras, hoje Luís Inácio apoia Collor para o Governo de Alagoas. O elogia no palanque de sua última campanha política antecipada. Aliás, também elogia - logo quem! - Renan Calheiros.
***
Ao terminar as críticas desse presiMentiroso, escutamos a reclamação de Alborghetti : Não era isso pr'a passar, talvez em referência a seu choro. Hoje, ao elogiar Collor, Luís Inácio deve pensar o mesmo "isso não era pr'a passar."
***
Luís Inácio defende e elogia quem sempre criticou antes de se tornar presiMente. Chafurda na imundície acompanhado de todos os políticos já cassados, e por ele sempre criticados antes de se tornar presiMente.
***
Luís Inácio é como um ator de Hollywood. Algumas horas vive cenas de eterno inimigo dos maus, logo depois, em outro filme, vive com eles cenas de love store.

***

Só nos resta continuar conversando com um número

cada vez maior de pessoas pelas ruas.

5 comentários:

  1. Já esqueceram que Lula um dia disse que ele era uma metamorfose? Pois é. Mudou geral.

    ResponderExcluir
  2. Chiste, repassando, para variar:

    Enfim, o pré-sal: vaicustar tão baratinho
    Ter, 14/07/09 -por gmfiuza |

    Começou a exploração da camada pré-sal. Lula ordenou pessoalmente o início dos trabalhos. E não custará tão caro quanto se imaginava.

    O campo escolhido pelo presidente para a empreitada foi a CPI da Petrobras. A exploração se dará da seguinte forma: a base aliada do governo gritará que a CPI põe em risco o projeto do pré-sal, e conseqüentemente o futuro do Brasil.

    Essa forma de exploração das riquezas petrolíferas profundas é a ideal. Pode ser feita de terno e gravata, não suja as mãos (de óleo), não precisa de alta tecnologia e dá resultados imediatos.

    Os custos existem, mas são incomparavelmente inferiores. Como se sabe, um senador dócil não custa tão caro assim.

    É preciso reconhecer que, nessa área, o governo Lula tem sido de uma coerência a toda prova. E de uma enorme eficiência também. O lema “Não perca tempo fazendo aquilo que você pode apenas falar” é um sucesso. Em qualquer canto do país há um brasileiro se sentindo mais rico porque o pré-sal é dele. Aceleração do crescimento é isso aí.

    O PAC é um sucesso, Dilma é a mãe, e ninguém está nem aí para a explosão da carga tributária e dos gastos públicos. O petróleo é nosso, o Sarney também, e viva o governo popular.

    Fica combinado assim: o presidente do Senado é vítima do denuncismo, a CPI da Petrobras é um atentando contra o futuro do Brasil. Não deixem esses abutres impedirem que Lula enriqueça os brasileiros.

    Começou muito bem a exploração do pré-sal. No futuro, ela se confundirá com a ideologia central do governo Lula: no princípio era o verbo, no final também.

    ResponderExcluir
  3. MOMENTOBRASILCOM.COMquarta-feira, 15 julho, 2009

    Sòmuda o local de sentar-se à mesa.Os RATOS CONTINUAM OS MESMOS. Abrçs,Roy Lacerda.

    ResponderExcluir
  4. Comemorando o 7 de Setembro

    Me desculpem os leitores que já se manifestaram por repetir a mensagem.

    Aproveitando a idéia da Passeata Virtual Fora Sarney, faço aqui a sugestão de que no dia 7 de Setembro de 2009, façamos outra passeata virtual, nos organizando desde já.

    Esta passeata, como a Fora Sarney, começaria no seu computador e terminaria em vários pontos:

    Na presidência da República, No Congresso Nacional, No Supremo Tribunal Federal, na Procuradoria Geral da União, na Assembléia Legislativa de seu estado, no Palácio do Governo do seu estado, na Câmara de Vereadores de sua cidade e na Prefeitura de sua cidade.

    A idéia é enviar o maior número possível de emails de protesto contra a situação atual, da falta de ética, de moral, de honestidade de nossos governantes e parlamentares.

    Denunciaremos o governo federal por agir a margem da lei com a campanha eleitoral antecipada, o que é ilegal, e exigindo, como cidadãos, que fossem tomadas as devidas providências.

    Os e mails seriam mandados para os seguintes enderêços:

    Senado Federal: Alô Senado http://www.senado.gov.br/sf/senado/centralderelacionamento/sepop/?page=alo_sugestoes&area=alosenado

    Câmara Federal: Fale com o deputado: http://www2.camara.gov.br/canalinteracao/faledeputado

    Supremo Tribunal Federal – Central do Cidadão - http://www.stf.jus.br/portal/centralCidadao/enviarDadoPessoal.asp

    Procuradoria Geral da União - pfdc@pgr.mpf.gov.br

    Presidência da República – Fale com o Presidente - https://sistema.planalto.gov.br/falepr2/index.php

    Gostaria de ter a opinião dos leitores com relação a idéia.

    ResponderExcluir
  5. Jurema,

    Essa atitude de Lula é a melhor manifestação do ditado "cuspindo no prato que comeu".

    Ontem, por exemplo, ele fez um discurso acalorado apoiando o amigo Fernando Coloor.

    Que é que isso? Misericórdia.

    Abraços.

    ResponderExcluir

Opinião dos leitores