Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos,
porque a história de nossos políticos
pode causar deficiência moral irreversível.

É a vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida pública.


terça-feira, 2 de junho de 2009

Hugo Chaves não tem "cojones"

***

Hugo Chaves se sentiu acuado e fugiu de um debate com Mario Vargas Llosa, afinal autoritarismo não alcança o imaterial, como a sua ignorância, no caso.

***

Com medo de enfrentar as críticas de um homem bem mais preparado intelectualmente, que não teria condições de enfrentar com argumentos chinfrins, Hugo Chaves cancelou as prometidas (ou ameaçadas?) horas consecutivas do programa de TV "Alo, presidente", em que seria um grande astro. Demonstrou a covardia de um bufão, que é todo poderoso apenas diante dos fracos.

***

Por falta de "cojones", Chaves poupou a todos, desde sábado, da sua presença, não tendo comparecido nem à festa de posse do presidente de El Salvador.

***

Graças a Vargas Llosa os venezuelanos se livraram das muitas horas de verborragia chavista, o que nem mesmo seus simpatizantes suportariam.

***

8 comentários:

  1. CHISTE, diz:

    Todo bravateiro procede da mesma forma: quando os brasileiros tieverem "cojones" o Luis Inácio some a toque de caixa

    ResponderExcluir
  2. chiste, repassando comentário do Blog da Soraia:

    Sobre essa insistência demagógica em afirmar que a Petrobras é nossa, vem-me à memória aquela do almirante americano que, no convés de um dos submarinos dos mais modernos da frota ianque, os marujos todos enfileirados e em posição de sentido, o tal almirante terminou seu longo discurso da seguinte forma: "Marinheiros, lembre-se: este submarino não é meu, não é dos senhores. Este submarino é nosso."
    Do meio daquele monte de marinheiros saiu uma voz: "Ótimo, então vamos vender!".
    E já que a Petrobras é nossa, vamos vendê-la, porque já tem ladrão demais de olho no que é nosso.

    PS> Porque será que o pessoal da base governista não apareceram hoje na CPI????

    ResponderExcluir
  3. Chávez só resiste a um debate com Lula. Ainda assim, acho que termina o jogo em zero a zero, com todo mundo expulso de campo e cinco pernas quebradas.

    ResponderExcluir
  4. Concordo

    Se a Petrobrás é nossa vamos vende-la o mais rápido possível antes que descubram as maracutais que o governo Lula aprontou na empresa.

    ResponderExcluir
  5. Todo populista, demagogo, corrupto, venal, boçal, só consegue ouvir e ser ouvido por seus iguais ! Imagine se o Mario Vargas Llosa iria dar confiança a esse fanfarrão de soltar suas frases feitas (e de efeito)! Ele fugiu do debate porque sabia que, com 10 mimutos de diálogo o Mário iria reduzi-lo a pó, tendo, inclusive , condições de desmascará-lo definitivamente. Isso se o fanfarrão permitisse que o debate fosse transmitido ao vivo - o que eu , sinceramente duvido que ele permitisse. Caso houvesse a tentativa de suicídio do Chavez aceitando o debate, para não ser desintegrado iria, com certeza, editar o debate, permitindo chegasse ao povo apenas momentos que lhe fossem favoráveis.
    Dessa vez ele escapou. Mas sua batata está assando...
    "NINGUÉM PODE ENGANAR A TODOS DURANTE TODO O TEMPO"

    ResponderExcluir
  6. Sheila, você resumiu bem: enfrentar Vargas Llosa ao vivo seria mesmo o suicidio de Chaves.

    ResponderExcluir
  7. Marco Antonio, li o comentário de ZEPOVO no seu blog. Ainda não conhecia esse blog lulista. Por isso acho os comentários muito mais importantes do que está escrito em nossos 'capítulos', pois nos dão chance de conhecer outros blogs.

    ResponderExcluir

Opinião dos leitores