Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos,
porque a história de nossos políticos
pode causar deficiência moral irreversível.

É a vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida pública.


segunda-feira, 22 de junho de 2009

A gororoba do Senado

Qual a semelhança entre as duas imagens?
***

***

Além de toda a patifaria que lemos todos os dias nos jornais, foram descobertos 658 decretos secretos elaborados por senadores. São mordomos, cirurgias plásticas, reformas nos apartamentos e diversas outras necessidades dessa gente tão incomum.
***
José Sarney, presidente daquela Casa da Mãe Joana e um dos grandes beneficiários do desvio de nosso dinheiro, alega que a culpa não é dele. A culpa é... do Senado.
***
Portanto, quando nós fizermos aquela gororoba horrosa, típica de quem não sabe cozinhar, colocaremos a panela na mesa e diremos: "A culpa não é minha. A culpa é da cozinha." Pronto. Estamos isentas de tal crime alimentício.
***
Agora já posso ir para o fogão.
***
Ricardo Noblat escreveu um excelente artigo sobre o assunto:
http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2009/06/22/a-crise-fica-197638.asp
***

5 comentários:

  1. E que tal os R$ 100 mil em auxílio funerário só esse ano? Vá morrer gente assim lá na Bósnia!

    ResponderExcluir
  2. Marcos!

    Desde quando político morre, a não ser muito raramente?

    Confessa... está, ou não está na hora d'a gente se mexer? (desculpe o modo coloquial de escrever)

    ResponderExcluir
  3. Prezados amigos
    Há muito venho lendo e vendo o que tem acontecido no Brasil com relação aos nossos políticos. Não passa um dia sem que haja uma denuncia de atos de corrupção, falta de ética, e imoralidade por parte de nossos governantes.
    O Presidente Lula recentemente em defesa do Senador José Sarney definiu que no Brasil existem dois tipos de cidadãos. Aqueles para os quais não existe lei ou Constituição e os demais que estão submetidos aos rigores da lei.
    Aqueles que sofrem nas filas do SUS, ficando internados em macas nos corredores dos hospitais e aqueles que se tratam nos melhores hospitais do país com a melhor equipe médica. Em ambos os casos o contribuinte paga.
    É chegada a hora de parar de reclamar e partir para a ação antes que seja tarde demais.
    Minha proposta e que comecemos em conjunto a pensar numa ação coordenada para o dia 7 de setembro de 2009. É o dia em que comemoramos a independência de nossa pátria, a libertação de nosso povo. Não há momento melhor do que este para um protesto contra a pouca vergonha, os desmandos do governo e o fato de que pouco a pouco estamos perdendo nossa liberdade e democracia.
    Sugestões para o email laguardia,luizf@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. Você tem razão em insistir em uma reação.

    Mas não acho que apenas fazer passeata resolva alguma coisa, a não ser que seja em Brasília, "em dia de trabalho e estacionar na porta da Câmara. No dia 07 de setembro, eles não estarão lá e não se sentirão incomomdados.

    Só surtiria algum efeito se fosse muita gente e provocasse MEDO, embora a intenção não seja agressão física, apenas psicológica (ou algo parecido).

    Mas isso me lembra aquela manifestaação que me fez ir do Rio até São Paulo e não houve por falta de 'quorum', como já disse antes.

    Laguardia, vou aproveitar para fazer uma página sobre isso e aproveitar algumas fotos guardadas.

    Ainda tenho esperança .

    ResponderExcluir
  5. Chiste, diz:

    Comentar esta matéria é chover no molhado...parabéns dona Ju.

    Mahatma Gandhi (Mahatma, do sânscrito "grande alma") (Nova Deli, 2/10/1869 - 30/01/1948) foi um dos idealizadores e fundadores do moderno estado indiano e um influente defensor do Satyagraha (princípio da não-agressão, forma não violenta de protesto) como um meio de revolução.

    O sinônimo de Gandhi é a internete.

    ResponderExcluir

Opinião dos leitores