Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos,
porque a história de nossos políticos
pode causar deficiência moral irreversível.

É a vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida pública.


quarta-feira, 7 de março de 2012

A responsabilidade dos paulistas



São Paulo, a última fronteira
Guilherme Fiúza

...

"São Paulo é o último reduto a ser conquistado pelos companheiros.  Minas Gerais ainda está sob governo inimigo, mas não chega a ser um problema tático:  Belo Horizonte já é dos amigos do consultor Fernando Pimentel, que mata o tempo no ministério de sua comadre enquanto não vira governador.  O Rio de Janeiro já estava anexado, o Rio Grande do Sul com Tarso Genro é paticamente a nossa Cuba e o Nordeste é todo do filho do Brasil.  Falta São Paulo.
...
Cuidar do ENEN não dá notoriedade a ninguém.  Haddad foi à luta do eleitorado gay, lançando uma cartinha escolar sobre homossexualismo.  (ser gay é assim... ou, seja  gay e seja feliz).   Infelizmente essa cartilha pedagógica não resistiu.
...
Se educar não dá ibope, Haddad teve uma sacada genial no MEC: deseducar.  Foi a público defender livros didáticos com erros de portugês, dizendo ao povo que não aceitasse a discriminação linguística(*).  Viva a revolução.
...
...um momento verdadeiramente histórico. Na despedida de Haddad do ministério, Lula aparece de chapéu, para tirá-lo em seguida, exigindo o visual transformado pela quimioterapia.  Abraça seu candidato, enquanto Dilma chora.  É a perfeição.

Que outro candidato terá uma plataforma dessas para administrar São Paulo?

*
Grande surpresa:  Dilma chora. A mesma Dilma que, antes de se candidatar ao "estrelato", dava entrevistas na base de suscintos  'sim' ou 'não', sem um único movimento facial.  A geladeira  que foi transformada, pelo cargo, numa torradeira.

São os milagres da política.  Aliás, a política fez outro grande milagre em São Paulo ao transformar um palhaço - o Tiririca - em parlamentar.  Ou seja, os paulistas estão  representados no congresso por um palhaço ! Tiriirica é a imagem dos paulistas por escolha deles mesmos.

Espero que,  para  remediar a palhaçada, não dêem agora o Governo  (perdão pelo erro: ao invés de governo é prefeitura)   do Estado a  quem defendia não apenas a causa gay junto às criancinhas, mas também os erros de linguagem.



(*) Talvez seja impressão, mas é cada vez maior o número de filmes dublados.  Quem sabe seja cada dia mais difícil acompanhar os filmes com legendas, num país onde ler se tornou um sacrifício 'dispensável'. 




3 comentários:

  1. Olá querida.
    Passei para desejar um Excelente Dia da Mulher.
    E expressar também minha admiração por você.
    Parabens!
    Bjs

    ResponderExcluir

Opinião dos leitores