Este espaço é desaconselhável a menores de 21 anos,
porque a história de nossos políticos
pode causar deficiência moral irreversível.

É a vida de quengas disfarçadas de homens públicos; oportunistas que se aproveitam de tudo e roubam sem punição. Uma gente miúda com pose de autoridade respeitável, que engana o povo e dele debocha; vende a consciência e o respeito por si próprios em troca de dinheiro sujo. A maioria só não vende o corpo porque este, além de apodrecido, tem mais de trinta anos... não de idade, mas de vida pública.


segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Privilégios do povo no governo Lula

.


Para relembrar : Sarney não é uma pessoa comum,
disse L.I. ao defendê-lo de acusações.



A revista Época desta semana  conta um causo, na pág. 70, que pode ser considerado um tanto escabroso. 

Romeu Tuma/PTB-SP, que não se reelegeu, mas faz parte da patota de políticos que nós sustentamos, ou melhor, que nos sugam  -sem ao menos fazer de conta que nos respeitam-, acaba de sair de uma cirurgia que custou ao  Senado Federal, não a ele, SETECENTOS MIL REAIS.  Pensando bem... se custou ao Senado, saiu foi do nosso bolso! 

O motivo da cirurgia é irrelevante.  O que importa é o Privilégio de Poucos (título da reportagem na Revista), num país onde o povo,  que acredita ter melhorado muito na vida, morre por falta de acesso a tratamento médico básico. 


  • DOENTE MORRE APÓS SETE DIAS DE BUSCA POR VAGA NUM HOSPITAL Após uma semana buscando vaga num hospital, uma aposentada de 61 anos morreu num posto de Sã João de Meriti. Eesmo com ordem judicial, parentes não conseguiram CTI em QUARENTA unidades públicas e privadas consultadas - pág.16 /O Globo.

  • Vídeo em que a Luzia conta o que acontece com os brasileiros que são pessoas comuns

video



Não importa se o problema ocorreu em hospital municipal, federal ou o escambau.  O que importa é que, sendo uma das contribuintes, que vê seu dinheiro açambarcado por essa patota,  minha preferência não seria ao falecimento  de uma outra contribuinte. Os SETECENTOS MIL REAIS, gastos com Romeu Tuma, poderiam ser bem melhor aproveitados.


O vídeo abaixo mostra como é diferente a vida nos países de pessoas comuns. 


Como os brasileiros se contentam com tão pouco!  Talvez por acreditarem tanto em L.I., mas acreditarem tanto, que se enxergam como umas pessoazinhas muito "comuns", a quem uma cestinha de alimentos e um dinheirinho a mais é visto como um enorme favor.

Mal sabem eles que a cesta de alimentos que recebem, por exemplo, é mais do que paga nos impostos que o governo cobra a cada grão de feijão e arroz. 







2 comentários:

  1. Vamos tirar esses corruPTos do poder.

    Ajude a desmentir a campanha difamatória deles: http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/primeiro-a-filha-depois-o-genro-e-chegou-a-vez-da-mulher-os-netos-devem-ser-os-proximos/

    ResponderExcluir
  2. é estarrecedor a ousadia dos bandidos do pt

    querem a força, calar a Igreja

    veja você mesmo

    SPAM DA QUADRILHA CONTRA A IGREJA


    http://gentedecente.com.br/

    ResponderExcluir

Opinião dos leitores